Desesperada pelo estado avançado de hidrocefalia que assola a vida da sua filha, dona Elizandra José, mãe da pequena Maiza de apenas nove meses de vida, clama por ajuda.

Sendo a hidrocefalia o acúmulo de líquido cefalorraquidiano no interior da cavidade craniana, que por sua vez faz aumentar a pressão intracraniana sobre o cérebro, podendo vir a causar lesões no tecido cerebral, o crânio da pequena Maiza tem aumentado de tamanho a todo tempo, causando inchaços e feridas crônicas, que a deixam sensível a cada toque naquela região.

Estando dona Elizandra e seu esposo actualmente desempregados, o grito de socorro vai para a sociedade em geral, para que seja possível a realização do TAC, um exame não invasivo que serve para observar vários órgãos e tecidos do corpo humano, recomendado pelo médico, na qual será determinada a possível cirurgia.

Conta: 1043387930001

IBAN: AO06 0006 0000 10433879301 67

Contacto: 937183889

Por: Ladiana Wemana ( estagiária)