Bornito de Sousa valoriza potencial hídrico de Cambambe

0
77

O Vice-Presidente da República, Bornito de Sousa, considerou o potencial hídrico de Cambambe uma das “grandes vantagens (talvez a principal), do pólo industrial desta região.”

Ao intervir na abertura da 5° Sessão ordinária do Conselho Nacional de Águas, Bornito de Sousa salientou que “só na região de Cambambe, o Rio Kwanza constitui um curso de água com uma extensão total 131,43 km, enquanto o rio Lucala é um curso de água, que flui do norte para o sul, afluente do rio Cuanza e um dos principais componentes da bacia do Cuanza, tem uma extensão total de 83,25 km”. .

Bornito de Sousa referiu-se aos projectos Aproveitamento Hidroeléctrico de Cambambe, onde decorreu a reunião, e o Aproveitamento Hidroeléctrico de Caculo Cabaça, que está em fase de construção.
“A Barragem de Cambambe e os recursos que a envolvem constituem importantes vantagens económicas para o município, para a província e para a região que pode e deve continuar a explorar de modo sustentável o potencial hídrico existente”, defendeu Bornito de Sousa.

O Conselho Nacional de Águas é um órgão permanente consultivo do Titular do Poder Executivo, de coordenação e articulação entre os Departamentos Ministeriais ligados directa e indirectamente ao planeamento, gestão e utilização dos recursos hídricos, no contexto das bacias hidrográficas, nacionais e compartilhadas pelo Estado angolano.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments