- Publicidade -

More

    Centro Cultural Prodigia-Te apoia desenvolvimento do talento de mais de 50 jovens

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O projecto social do rapper Prodígio celebrou ontem o primeiro aniversário.

    “É um dia de muita satisfação. Celebro o primeiro ano da materialização de um projecto criado numa folha de papel durante um lanche. Apesar das dificuldades, o Prodigia-Te hoje serve para potencializar e desenvolver talentos de 55 jovens que fazem parte do projecto”, salientou o músico Prodígio durante o evento de celebração do primeiro aniversário do Centro Juvenil Prodigia-Te, realizado ontem, 19 de Outubro.

    O espaço localizado no Prenda, bairro onde cresceu Prodígio e para onde volta sempre, tem sido o lar e incubadora de talentos de crianças, a partir dos 8 anos, e jovens que querem ver desenvolvidas e aprimoradas as suas competências e talento, nas áreas da música, xadrez, leitura e jiu-jitsu.

    O xadrez é a actividade com maior destaque e impacto no Centro, tendo 35 praticantes, que começaram oficialmente a competir em Fevereiro deste ano. Fruto da prática e acompanhamento constante do músico Prodígio e de jovens professores, os praticantes tiveram a oportunidade de participar, em Março, no Campeonato Provincial de Luanda de Xadrez, onde os atletas sub-8 conquistaram o primeiro lugar.

    “O nosso objectivo com este projecto é potencializar os melhores. E o xadrez é uma actividade elitista, não financeiramente, mas elitista porque requer atenção dos melhores. Pensei no xadrez, porque uma pessoa que consiga sentar-se durante uma hora sem fazer barulho, logo desde tenra idade, nunca será uma pessoa que terá dificuldades em ler e aprender”, defendeu Prodígio.

    A música, arte de Prodígio, conta actualmente com 20 jovens, que frequentam as aulas de canto, e são acompanhados e agenciados pelo Prodigia-Te. Durante o evento de celebração foi apresentada a primeira EP, composta por cinco músicas cantadas por oito jovens talentosos, gravadas no estúdio do Centro, e produzidas por Prodígio em Portugal.

    “Ouvir e vê-los a evoluírem e a conquistarem prémios, emociona-me! Os resultados sociais têm sido bastante satisfatórios. Temos tido feedback dos encarregados de educação sobre as mudanças em termos comportamentais, e ter jovens autistas e poder ajudá-los no processo de inserção social faz-me acreditar que é possível fazer algo que pode gerar impactos positivos na minha comunidade”.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Nova CIMANGOLA contratou mais de 500 trabalhadores directos nos últimos 2 anos

    A Nova Cimangola, empresa que emprega actualmente 1170 trabalhadores directos, integrou nos seus quadros mais de cinco centenas de novos profissionais nos dois últimos...

    Puto Português de volta aos lançamentos discográficos com a sua obra intitulada “Tugueda”

    O renomado artista Lino Fialho, ou simplesmente Puto Português, partilhou recentemente na sua conta do Instagram um vídeo em que anuncia e explica o...

    UNITEL Money promove acção no mercado dos Congolenses

    A UNITEL Money marcou presença, nos dois últimos fins-de semana, no mercado dos Congolenses com uma iniciativa voltada para a população local. Durante o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto