- Publicidade -

More

    “Daqui a cinco ou dez anos, vejo-me como um homem rico”, afirma Landrick

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Para o artista Landrick é crucial que os profissionais tenham referências de pessoas que alcançaram o topo. Nessa linha de pensamento, o músico afirmou, em uma entrevista ao PlatinaLine, que se vê daqui a cinco ou dez anos como um homem rico.

    “Daqui a cinco anos, vejo-me rico, milionário no mundo da música e em outros negócios, dos quais, por enquanto, prefiro não falar”, revelou o artista.

    O Rei do Kuyuyu também mencionou, durante a entrevista, que o processo de escolha das temáticas das suas músicas é uma inspiração divina. Segundo o cantor, Deus realmente o capacita, tocando-lhe e dando-lhe a habilidade de compor e abordar determinados temas.

    É importante mencionar que o último trabalho do artista até o momento foi lançado este mês, um álbum intitulado “Rei do Kuyuyu”, que contou com três participações especiais de músicos nacionais e internacionais, incluindo Edgar Domingos, de Angola, Péricles, do Brasil, e Fally Ipupa, da República Democrática do Congo.

    Por: Mariana Raimundo

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Governo  pode regular horários de venda e consumo de bebidas alcoólicas

    Angola poderá implementar ainda este ano um período específico para a venda e consumo de bebidas alcoólicas em todo o território nacional. A proposta...

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto