A Edições Novembro, proprietária do Jornal de Angola e outros títulos, lançou oficialmente esta segunda-feira (3), a sua campanha de participação ao projecto “Abraço solidário, somos Angola”, com uma doação de cinco milhões de kwanzas em bens alimentares.

A iniciativa filantrópica é uma iniciativa dos órgãos de comunicação social públicos, privados e empresas do sector das telecomunicações, que visa a recolha de donativos para ajudar famílias em situação de vulnerabilidade no Sul do país.

Por outro lado, a empresa montou na sua sede na rua Rainha Ginga, na baixa de Luanda, um posto de recepção de donativos, cuja acção estende-se também às delegações municipais e provinciais a nível nacional.

Entre os bens doados pela Edições Novembro, constam arroz, açúcar, feijão, óleo, massa, fuba, sal, sabão e enlatados, cuja inactiva estende-se também às delegações provinciais da empresa, que terão a missão de proceder a recepção de donativos, nomeadamente, alimentos, calçados e roupas.

Até à data, a iniciativa filantrópica dos órgãos de comunicação social públicos, privados e empresas do sector das telecomunicações já arrecadou em Luanda, cerca de 150 toneladas de bens diversos.