Efectivo da polícia acusado de maltratar próprio filho por chegar a casa às 17h

0
91

 

Um efectivo da Polícia Nacional, que responde pelo nome de Reginaldo Rafael Patrício Dembo, é acusado de supostamente maltratar o seu filho e deixá-lo com grandes marcas no corpo por alegadamente chegar a casa tarde, no caso 17 horas.

Tudo ocorreu no dia de ontem, 7 de Dezembro, na rua 47, do bairro Cassequel do buraco, segundo relatou o seu cunhado. O motivo da tamanha surra foi causada pelo facto do menino chegar a casa no período das 17h.

Enfurecido, Reginaldo de acordo com relatos fez o uso de um pau para bater o seu filho, tendo o deslocado o pé, e deixando o braço inflamado, bem como as nádegas num mal estado. Não estando satisfeito, não parou por aí e foi mais longe: amarrou uma corda no teto para enforcar o seu próprio filho, entretanto, o pior não aconteceu porque o menino colocou-se em fuga, os vizinhos foram para o socorrer e ainda assim o pai fez o uso do que achava ser mais fatal, apontou uma arma para os mesmos de formas a não intervirem.

Segundo testemunhas, trata-se de uma prática recorrente, e pedem a intervenção da Polícia Nacional. O menino é órfão de mãe, e vivia com o pai e a madrasta.

Por: Sérgio Flávio

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments