Inicio * Entrevista com Sarchel Necesio Entrevista Exclusiva Annette Cambango

Entrevista Exclusiva Annette Cambango

0

Annette Cambango é das aquelas mulheres que se pode dizer que é personificação de carisma. Profissionalismo, charme e beleza. Talvez por ter esses e outros adjetivos ela foi 2ª de honor no Miss Angola a 5 anos. Hoje é funcionaria bancaria, Modelo,  estudante finalista universitária.  E primogênita dos seus pais  tem  Tantas tarefas ou atividades   que  fazem profetizar uma difícil conciliação com as mesma, mas inversamente a ideia inicial, o dinamismo, o querer, força de vontade  e o gosto pelo que faz permitem-lhe combinar todas estas tarefas, sem grande conflitos.  Ela respondeu sem rodeios e com simpatia todas perguntas feitas, e ela diz que não pode viver de ilusões porque a realidade é mais divertida. Siga com exclusividade mais uma entrevista exclusiva da semana com revista mundialmente famosa.

 

 

Raio X

Fui registrado como… Annette francelene Coimbra Cambango

Nasci aos… Aos 14 de junho de 1984

Sou natural de… Natural de Namibe

Apelido: Cambango

Se eu fosse uma cor, eu seria… Laranja.

Sou viciada em… Água.

O que não gosto  em meu corpo: Os meus pés

Uma mulher incrível: A minha mãe

Um homem incrível:  O Meu Pai

 

Se um génio da lâmpada aparecesse, meu desejo seria…Poder  falar ao meu pai e dizer-lhe que o amo muito.

Se eu pudesse entrar em um filme, entraria em… Comédia romântica

Se eu fosse uma música, eu seria… Pop

Lugar para fazer amor: Quarto.

Perfume: Hipnose

Som: Festa Mascarado (Suzanna Lubrano)

Prato predileto: Calulú de Carne seca

Não vivo sem: Água

Meu sonho é trabalhar com… Moda

Uma frase: Por que ilusões? A realidade é muito mais divertida!

O livro da minha vida : The Secret (Rhonda Byrne)

 

 

 

 

 

 

Profissional

Platina Line: Há quanto tempo começou a com a carreira das passareles e o que exatamente a estimulou a ingressar nesta carreira?

Annette  Cambango : Há 5 anos. Na altura em que participei do concurso Miss Angola, no qual obtive o título de 2ª da Dama de Honor, percebi que na passarelle  fico verdadeiramente bem comigo mesma, uma sensação inexplicável, com o incentivo de amigos e familiares, decidi ingressar.

Platina Line : Começou aos 18 e 19 anos sentiu inveja das meninas da sua idade por terem uma vida normal e você teve começar aprender já a lidar com a fama?

Annette  Cambango : Jamais permiti que a fama influenciasse negativamente a minha vida, desde sempre primei por preservar o meu verdadeiro eu, claro que por vezes surgiam e surgem ainda hoje algumas situações constrangedoras, mas , felizmente soube sempre ultrapassa-las com a maior naturalidade.

Platina Line : Quais as principais obstáculos que encontrou no início de sua carreira? Ainda sente que permanecem nesta etapa?

Annette  Cambango : Quando se inicia uma carreira de modelo, nunca se está a 100% apta, tive de melhorar a forma de andar, manter uma alimentação saudável e um tanto regrada… (risos),   costumo dizer em tom de brincadeira, que não tive nunca barreiras e sim barreirinhas, felizmente.

Platina Line: Seus pais ou pessoas próximas sempre sustentaram e depositaram fé  no seu talento, ou teve que provar a alguém que era capaz?

Annette  Cambango : Os meus familiares são a minha claque número 1!, Sempre me apoiaram, até mesmo quando eu achasse que não tivesse feito na perfeição algum trabalho como modelo.

Platina Line: Qual foi sua primeira impressão do mundo da moda?

Annette Cambango: Senti que tinha tudo haver comigo (risos) é! Fascinante poder desfilar roupas de criações genuínas e prestigiar o trabalho destes criadores, fazer amizades, trabalhar em sintonia com os outros modelos, muitos deles de países diferentes…

Platina Line: Como é a vida de modelo?

Annette Cambango: Um tanto corrida, principalmente quando se tem de conciliar com os estudos e outros trabalhos…, mas é prazeroso o momento de preparação para desfile, assim como desfilar. No nosso país existem ainda alguns tabus em relação às modelos, muitas pessoas as vêm como mulheres exibicionistas, não reconhecem que tudo se trata de um trabalho e que também deve ser respeitado como tal. Mas, tenho certeza que esta mentalidade vai mudar e para melhor.

Platina Line: E qual é a parte mais admirável de estar nas passarreles?

Annette Cambango: É precisamente o momento do desfile, uma sensação incrivelmente prazerosa, inexplicável.

Platina Line: Que modelo te inspira?

Annette Cambango: Naomi Campbell

Platina Line: Quais são seus designers ou marcas favoritos?

Annette Cambango: Louis Vuitton e George Armani

Platina Line: Que momento da sua carreira vai ficar para sempre na sua memória?

Annette Cambango: Em um dos desfiles em que participei, no Angola Fashion week, uma das lojas queria que eu desfilasse mais peças que o normal,  pois gostavam bastante da forma como me apresento em passarelle, fico muito feliz e agradecida por este reconhecimento…, no entanto, como foram muitas as roupas que passei pela loja e ainda tinha muitas outras por apresentar, eu parecia uma louca a correr de um lado para o outro no momento de trocar as peças (risos) , mas foi muito engraçado e jamais vou esquecer.

Platina Line: E quais são seus planos daqui pra frente?

Annette Cambango: Como modelo, aperfeiçoar-me firmando carreira. Como mulher, terminar a minha formação académica, crescer profissionalmente e constituir família.

Platina Line: Como é lidar com o “glamour”, o luxo no mundo da moda?

Annette Cambango: Glamour e luxo fazemos cada um de nós, na mais perfeita naturalidade. Acho que quanto mais natural, genuína, mais glamorosa e luxuosa  é a pessoa, qualquer um, independentemente de estar ou não no mundo da moda, ou  fama.

Platina Line: Você tinha tudo para se deslumbrar com mundo que vives e pelos motivos  que todos sabemos. Mas mesmo assim não se deixou levar. Qual é segredo para isso? Teve boas bases familiares?

Annette Cambango: Acredito sim, que a base familiar é de certa maneira uma direção para a vida. Venho de uma família humilde e solidária. Aprendi que todos temos capacidades para alcançar o que quisermos, sem que para isto passemos por cima deste ou daquele. E o meu segredo é, estar de bem com a vida, é estar de bem comigo mesma e com você também (risos)

Platina Line: Até que ponto a fama, o dinheiro e o status trazem a felicidade?

Annette Cambango: Li em algum lugar: a felicidade consiste em darmos para recebermos!, dar amor, amizade verdadeira, dar um sorriso, enfim, dar simplicidade. A fama, o dinheiro e o status, na verdade não fazem felicidade se não dermos de nós estas coisas tão simples.

Platina Line: Línguas faladas, nacionais e internacionais?

Annette Cambango: Falo português e inglês fluente. Infelizmente não falo, ainda, nenhuma língua nacional, mas tenho muito gosto em aprender, pena não termos este acesso nas escolas.

Platina Line: A Playboy vai ser lançada em Angola. Em pesquisa feita pela nossa revista você é uma das  mas desejadas. Aceitaria posar nua?

Annette Cambango: Não desprestigiando a Playboy, uma vez que é uma revista conceituada á nível mundial e respeitando sempre as mulheres que o fazem, o meu corpo é algo que preservo e pretendo mantê-lo assim. (risos)

Platina Line: No banco onde trabalha já houve um cliente que foi apenas ao banco para ser atendida por si devido a sua beleza?

Annette Cambango: (Risos) Confesso, já! E foram bem frontais em dizê-lo, felizmente com o devido respeito.

Platina Line: E na sua opinião franca  é funcionaria bancaria pelo seu talento e conhecimento acadêmico  ou pelo facto  da questão levantada pelo Jorge Antunes basta ser famosa, miss ou modelo para ser fazer o quer?

Annette Cambango: Orgulho-me em afirmar que sou bancária por mérito, pois sou muito esforçada no que faço e, por sinal boa estudante, já na fase final do curso.(risos)

Platina Line: A opinião das pessoas em relação ao que faz tem sido positiva?

Annette Cambango: Como se sabe, não se pode agradar á todos…, mas, posso garantir que é, á 90%.

Platina Line: E quais são as suas perspectivas em termos profissionais para os próximos 2 meses que restam a 2010 e para os próximos anos?

Annette Cambango: Vivendo e aprendendo!, Pretendo aprender cada vez mais e melhorar o que aprendi até agora, não apenas no lado profissional, mas no dia-a-dia da vida…

Pessoal

 

Platina Line: conversas de bares e cafés comenta-se que se trata de uma pessoa cínica e arrogante. O que isso tem de verdade?

Annette Cambango: Gente ! , Isto é novidade para mim. Sempre disseram que me acham simpática e humilde. Quanto á estas conversas, claro, não passam de falsas especulações. Sempre abertas á novas amizades e feliz por mantê-las.

Platina Line: prefere homens mais velhos ou mais novos?

Annette Cambango: Humm tem-se dito idade não é sinónimo de maturidade. Independentemente da idade, atraio-me por homens maduros de carácter.

Platina Line: Uma Relação esta destinada Ao Fracasso quando um dos parceiros vem de uma relação sexualmente ativa e entra em outra não ativa ou pouco ativa dado a facto para muitos sexo é 90% da relação e só outros 10% para o amor e outros itens?

Annette Cambango: Uma relação destina-se ao fracasso quando os parceiros não têm confiança um no outro e pouco conversam. A relação sexual entre eles pode tomar o rumo que quiserem, se ambos conversarem expondo os seus desejos e fantasias. Basta existir diálogo

Platina Line: Quais os cuidados que você tem com sua saúde?

Annette Cambango: Bebo muita água, tento ter uma alimentação saudável (muitas frutas, legumes…) e sempre que posso, vou ao ginásio.

Platina Line: A cultura angolana está presente no seu dia a dia, de alguma maneira?

Annette Cambango: Trabalho com o público, na sua maioria angolanos, a forma de tratamento á estas pessoas, principalmente aos idosos tem uma maneira muito angolana de ser. Na nossa cultura, aos idosos se deve falar com muito respeito á cima de tudo e, é algo que faço um pouco á cada dia.

Platina Line: O que a família representa para si? Como é sua relação com ela hoje?

Annette Cambango: Costumo dizer que a minha família é o meu porto seguro, é por mim muito valorizada e respeitada. Felizmente é uma relação saudável, sou primogénita e a mais brincalhona!

Platina Line: Como é atualmente a sua vida?

Annette Cambango: Espontânea. Trabalho durante o dia faço faculdade á noite, ao final de semana estou com a família, amigos. Aproveito bastante os finais de semana para lazer. De tempo em tempo, vão surgindo trabalhos como modelo: algum desfile, seção fotográfica (que amo), recentemente fiz um trabalho como júri, num casting para manequins e modelos (uma experiência diferente mais boa). Reservo sempre um tempo para ir á igreja, normalmente ao domingo…

 

A Sociedade é o  Meu Mundo.

Platina Line: Na sociedade atual, as contaminações de umas culturas pelas outras tornaram-se possível industrialmente, dando lugar a uma mais forte influência daquelas tornadas hegemônicas sobre as demais, que assim são modificadas”. Comente sobre isso?

Annette Cambango: É muito importante que haja este interação de culturas, até mesmo para o desenvolvimento das sociedades menos globalizadas, mas, é ainda mais importante que as mesmas sociedades saibam preservar as sua culturas e saibam acima de tudo fazê-las respeitar. A cultura africana em particular apresenta uma diversidade de grande interesse para os nativos e mesmo para o mundo, mas que infelizmente também está a sofrer forte influência externa e quase se estingue. Urge a necessidade de se unir ideias capazes de revirar esta situação para melhor.

 

Platina Line: O que achou da nossa revista?

Annette Cambango: Bastante adequada e essencial, principalmente para os jovens, pois permite a interação de ideias, é educativa e cultural.

Platina Line: Que recado/sugestão deixa aos seus criadores?

Annette Cambango: Que não deixem de investir nela, pois é uma revista promissora e contém bastante informação.

Platina Line: Que mensagem deixa ao publico Angolano e platinado?

Annette Cambango: Vivam a vida com paz e amor, que o futuro promete boas novas 🙂

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments