- Publicidade -
">
InícioEspeciaisExpo Astana 2017Expo celebra o dia dedicado ao berço da humanidade Cooperação entre Cazaquistão...

Expo celebra o dia dedicado ao berço da humanidade Cooperação entre Cazaquistão e o continente africano promovidos

- Publicidade -
">

Celebrar África e promover as oportunidades de investimento existentes naquele continente, foram estes os principais objectivos das várias actividades em torno do Dia d’África na Expo Astana 2017.

Um dia repleto de actividades todas elas viradas para o mesmo propósito, criar e fortalecer ligações entre África e o Cazaquistão. Os vários países africanos representados no certame, deram início as actividades com uma palestra cujo principal objectivo foi mostrar as oportunidades de investimento no continente africano e as formas de cooperação com o Cazaquistão.

A palestra que contou com a presença de 50 pessoas, entre representantes de estado, empresários e população geral, abordou a temática nas seguintes vertentes:

De que forma pode a juventude contribuir para o desenvolvimento do continente africano e do Cazaquistão?;

Que oportunidades de turismo existem entre África e Cazaquistão?

Como podem desenvolver e implementar as energias renováveis?

Os participantes concluíram que as respostas as questões colocadas estão na educação da população, na partilha de experiências e na implementação de acordos entre os países com o propósito de facilitar o turismo entre as várias nações.

A parte da manhã das festividades, terminou com a união dos representantes dos vários povos do continente africano e cazaques que numa moldura humana desenharam o mapa do continente e escreveram a palavra África.

As comemorações continuaram no período da tarde, no palco destinado a celebração dos dias nacionais. Após a entoação dos hinos da república do Cazaquistão e da União Africana, seguiram-se os discursos do Comissário para a Expo 2017, Sr. Rapil Zhoshybayev e do Comissário da Serra Leoa em representação da Comunidade Africana, Sr. Philip Conteh. Ambos foram unânimes em dizer que a relação entre os países africanos e o Cazaquistão tem sido uma mais-valia e deve por isso ser encorajada.

Segundo o Comissário para a Expo 2017, Sr. Rapil Zhoshybayev “Em 2016, o volume de negócios entre o Cazaquistão e os países africanos representou mais de 250 milhões de dólares, a este valor somaram-se 144,96 milhões em Janeiro/ Maio deste ano. Devido ao forte apoio dos estados africanos, nos tornamos um membro não permanente do Conselho de Segurança das Nações Unidas para 2017-2018 e ganhamos o direito de sediar a EXPO.”

Já Philip Conteh, Comissário da Serra Leoa faz um apelo “Nós convidamos vos a visitar África, não apenas para extrair recursos naturais para o seu crescimento pessoal, mas sim para criar verdadeiras parcerias connosco e que essas parcerias criem empregos e oportunidades para todos os membros.”

O dia continuou com a actuação de alguns grupos africanos, depois disso o público foi convidado a visitar a praça de África onde 14 dos países africanos representados na Expo Astana 2017 montaram um stand onde apresentaram as oportunidades de negócios existentes nos respectivos países no intuito de encorajar o povo cazaque a investir nos países africanos.

Um dia de festa aproveitado para reforçar as relações e criar-se novas parcerias entre o continente africano e o Cazaquistão.

 

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments