Greve dos taxistas dificulta mobilidade dos populares em Luanda

0
65

Mesmo após o governo angolano autorizar a lotação máxima de 100%, os taxistas angolanos mantiveram a decisão de realizar a paralisação das actividades de táxi a partir desta segunda-feira, 10 de Janeiro, dificultando a deslocação dos populares em Luanda.

Como consequência, a greve dos taxistas está a dificultar a mobilidade dos populares, como é notório o fluxo de populares nas paragens. Nalgumas paragens da cidade capital, Luanda, os taxistas estão a usar a táctica de descarregar os táxis que de alguma forma preferiram continuar com as actividades normais e não aderir à greve dos taxistas.

De acordo com as informações que vão chegando à redação do Platinaline pelos repórteres espalhados por Luanda e arredores, os populares inconformados supostamente com a greve dos taxistas, decidiram vandalizar algumas instalações do partido no poder, MPLA, bem como a quebra de vidros de carros e a interdição de algumas vias como do Benfica, e a via principal de Cacuaco.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments