GRUPO DE PERCUSSÃO/FEMININA CELAMAR

0
300

Celamar_Makka_Entertainment

A Percussão feminina é um projecto que CELAMAR-Atelier/Galeria de Artes, propõe para apoio profissional na área de cultura e artes a alguns Centros e comunidades com jovens/Mulheres e adolescentes desprotegidas e sem emprego.

 

O Projecto é de iniciativa privada da Sra. Marcela Costa, Artista Plástica que com meios próprios apostou, convidando alguns percussionistas especializados em percussão (angolanos) para ensinarem, durante 2 anos.

 

O objectivo é levar a estas, a terapia, auto-estoestima e sustentabilidade.

 

  • 15 de Janeiro/07– Com os meios adquiridos,(Batuquese e outros Instrumentos tradicionais)  começou-se a implementar o projecto, com cerca de 20 (VINTE) crianças e adolescentes solicitadas nos Centros de crianças desamparadas e posteriormente nas comunidades ex: Prenda, Cacuaco, Viana, Golfe, Ingombotas, Samba, Zango e Morro Bento.
  • 8 de Março/07– O Grupo fez a sua Estreia pública na 4ª Edição do projecto Amostra DÁrte Mulher depois de três meses de aprendizagem.
  • Em 2008 tiveram a felicidade de exibirem os seus trabalhos na EXPO-ZARAGOZA-Espanha no Pavilhão de Angola e outras salas de espectáculos.
  • Em 2010 Exibiram os seus trabalhos em Salvador da Baía – Brasil na casa de teatro Castro Alves.
  • Ainda 2010 em Xangai – China no pavilhão de Angola e outros pavilhões.
  • Em 2010 se deu o início da gravação do disco musical do grupo, no estúdio Makka Entertainment. Pretende-se com isso consolidar a obra do grupo e facilitar a divulgação e promoção do mesmo em Angola e no exterior, expandindo-se assim a cultura angolana a outros pontos. A iniciativa e proposta de gravação da obra foi dada por Lauro Cassule (Cientista), jovem produtor e engenheiro de som proprietário do estúdio Makka Entertainment. Logo foi apoiada pelo grupo que afincadamente trabalhou para a materialização da mesma. Pretende-se lançar assim o primeiro disco de percussão feminina de Angola em meados de 2011 na praça da Independência em Luanda e depois nas províncias de Angola e posteriormente no exterior também.

 

 

Num sentido de encorajamento e promoção têm sido convidadas por algumas Instituições Governamentais, diplomáticas e privadas para exibição de alguns números do seu repertório.

 

Actualmente o Grupo é composto por 13 (treze) jovens/ percussionistas, dentre elas algumas dançarinas que exibem estilo rítmicos Folcloricos Nacionais, internacionais Africanos e coreografias. A especialidade do Grupo é a percussão (Som e coreografia do batuque e instrumentos de percussão), algumas vezes também solta a vós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui