- Publicidade -

More

    João Lourenço, Presidente de Angola, ganha Mil Euros”, revela Carlos Rosado de Carvalho

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Nunes Hebo

    O economista angolano Carlos Rosado de Carvalho revelou, através da sua conta da rede social X, nesta Quarta-feira (26), uma tabela salarial publicada no Diário da República, onde consta a remuneração total do Chefe de Estado angolano, João Lourenço, que recebe um salário mensal de mil euros.

    Pelo que se lê na publicação, Carlos Rosado de Carvalho direcciona a informação a quem aspira ser membro do executivo angolano. “Para aqueles que aspiram ser membros do Executivo angolano, confiram o que vão ganhar se chegarem lá. Para os menos familiarizados com a moeda angolana, 1000Kz ~ 1€”, escreveu.

    Em termos de moeda local, o Kwanza (Kz), o salário de mil euros equivale aproximadamente a 1.000.000 Kz, considerando a taxa de câmbio de 1000 Kz para 1 euro. Na tabela, para além do Presidente da República, mostra também o vencimento total da Vice-Presidente da República, que aufere um valor de 885 mil kwanzas; Ministros de Estados com 806 mil; Ministros e Governadores Provinciais 730 mil; Secretários de Estados, Vice-Ministros e Vice-Governadores Provinciais auferem um valor de 658 mil.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Governo  pode regular horários de venda e consumo de bebidas alcoólicas

    Angola poderá implementar ainda este ano um período específico para a venda e consumo de bebidas alcoólicas em todo o território nacional. A proposta...

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    Maior feira de livros flutuante do mundo chega a Luanda

    A Logos Hope, a maior feira de livros flutuante do mundo, está chegando a Luanda, Angola, pela primeira vez na história da Logos Hope....

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto