Jornalistas sem carteira profissional interditos de exercer actividade a partir do próximo mês

0
65

Os jornalistas sem carteira profissional deixarão de exercer actividade a partir do mês Fevereiro do ano em curso, reafirmou esta quarta-feira, na província do Uíge, a presidente da Comissão da Carteira e Ética (CCE), Luísa Rogério.

A responsável, que falava durante a entrega de 38 carteiras profissionais a jornalistas da província supracitada, um acto que marcou a conclusão desse processo, disse que duas mil 294 cédulas profissionais foram distribuídas em todo o país, desde Fevereiro de 2021. Esclarecendo de igualmente modo que,  a partir do dia 1 de Fevereiro deste ano as entidades públicas e privadas terão legitimidade e suporte legal para solicitar aos jornalistas a apresentação da carteira profissional.

Todo o cidadão nacional ou estrangeiro que desenvolver actividade jornalistica no país por um período igual ou superior a 45 dias sem a apresentação da carteira profissional cairá na alçada do exercício ilegal da profissão, e será responsabilizado nos termos da lei vigente no país, segundo Luísa Rogério.

Presente no acto, a vice-governadora para o Sector Político, Social e Económico do Uíge, Maria Cavungo, considerou a entrega da carteira profissional um passo importante para a legitimação da actividade jornalística no país.

Fonte: Angop

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments