Kudurista Vado fala da sua trajectória no mundo da música

0
129

Osvaldo Marcos Lisboa, carinhosamente chamado Vado, kudurista, que se inspira no Bruno M, falou em entrevista ao PLATINALINE sobre a sua trajectória no ramo da música, contando que engrenou para o mercado, fez um estudo de viabilidade a fim de escolher a sua referência no mundo da música, no estilo Kuduro, daí a escolha de Bruno M.

Pelo facto de muitas pessoas acreditarem que o Kuduro é um estilo de marginais, o kudurista, que se assume como sendo um artista de intervenção social, decidiu dar o seu contributo para acabar com este tabu.

“De alguma forma, pretendo fazer com que esqueçam o tabu de que o Kuduro é um estilo marginalizado e que as pessoas percebam que também há jovens com músicas e conteúdos educativos e informativos”, disse.

O jovem que até ao momento trabalha de forma independente, já tem alguns trabalhos disponíveis no mercado e mostrou-se aberto para receber propostas de produtoras sérias que se queiram a ele se associar.

Sobre a sua fonte de inspiração, Vado também contou-nos que Bruno M foi o artista que mais lhe chamou atenção, tanto pelos conteúdos como pela musicalidade, pelo facto deste fazer sentir o verdadeiro papel social deste veículo de informação.

Por: Débora Baptista (estagiária) 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments