Manuela Mande reconhece esforços feitos pelas parteiras para o melhoramento de serviços prestados

0
39

Aquando da celebração do dia 5 de Maio, data instituída para homenagear os especialistas em enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia/Parteira, a enfermeira parteira angolana Manuela Mande reconhece os esforços feitos para o melhoramento dos serviços prestados às mulheres gestantes, nas unidades hospitalares de Luanda.

Convidada do Programa Dia Alegre da PLATINA FM, na rubrica Saúde para o Povo, reconheceu que são muitos os desafios enfrentados pelas parteiras e afirmou ainda que é uma profissão que agora já não está a ser vista com a devida empatia e amor ao próximo.

“Reconheço as reclamações sobre o atendimento prestado aos pacientes, mas é um quadro que já está a ser mudado. A nossa profissão já não é aquela de empatia, de amor ao próximo, é uma profissão que como dá dinheiro, todo mundo quer fazer.’’

Por outro lado, em relação ao que se deve fazer para se melhorar os serviços prestados pelas parteiras nas unidades hospitalares, realçou que o aumento de mais salas de parto e o número de pessoal técnico de saúde capacitado são uma das soluções.

De salientar que o dia 5 de Maio, Dia Internacional da Parteira, é uma data instituída pela Organização Mundial da Saúde em 1991 para destacar a importância do trabalho das parteiras em todo o mundo em proveito da melhoria da qualidade dos cuidados prestados às mulheres.

Por. Eliane Cambiete

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments