- Publicidade -

More

    Ministra defende uso das tecnologias digitais no processo de aprendizado

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A ministra, que falava no acto central do Dia Mundial da Alfabetização, que decorreu sob o lema “Alfabetizar para aumentar a inclusão digital em tempos de pandemia”, disse que as novas tecnologias devem ser geridas para as áreas da formação, comunicação, informação, trabalho, entretenimento e na aproximação entre as pessoas em todos os enquadrantes.

    Luísa Grilo reconheceu que, actualmente, alfabetizar é cada vez mais desafiante, tendo em conta o momento difícil que se vive, por causa da pandemia da Covid-19.

    Em função disso, todos os sectores, incluindo o da Educação, estão a adoptar novos procedimentos e formas de trabalho, através do uso das novas tecnologias e uma combinação entre as técnicas convencionais e as tradicionais.

    A ministra reconheceu que as tele e rádio-aulas e o uso da Internet para fins educacionais são recursos usados para se assegurar as aprendizagens. Por isso, em 2021, a Unesco definiu como lema para as comemorações da alfabetização a recuperação centrada no ser humano e na redução da disparidade digital.

    “Angola está a dar os primeiros passos para uma massificação tecnológica”, avançou para assegurar que o Executivo assume, cada vez mais, a importância da utilização de novas tecnologias.

    A ministra recorreu a estatísticas do Instituto Nacional de Estatística (INE) para dar conta que, desde 2020, cerca de 14,6 milhões de cidadãos são usuários de telemóveis, outros 8,9 milhões utilizadores de internet e 2,20 milhões recorrem activamente às redes sociais.

    “Os desafios para aumentarmos as taxas de inclusão digital ainda são grandes . Vimos aqui que o uso da internet ainda é limitativa e estamos conscientes de que tudo não depende só da extensão do sinal das redes de telecomunicação , mas sobretudo, do nível da alfabetização das suas populações , por isso, o lema escolhido para o nosso país é Alfabetizar para aumentar a inclusão digital em tempos de pandemia”, afirmou.

    Garantiu que o Executivo entende que a alfabetização tem um papel importante em todas as vertentes sociais. ” Se durante a pandemia da Covid-19 fomos obrigados a manter o distanciamento social e recorrer às novas tecnologias, as pessoas iletradas vivenciaram uma dupla maneira: Uma imposta pela pandemia e outra pela sua condição académica”.

    Luísa Grilo disse ser momento de agir perante a recente crise da pandemia da Covid-19, que tem acentuado os problemas da alfabetização e da educação dos jovens e adultos, com repercussões negativas na escolarização e nas oportunidades de aprendizagem ao longo de toda a vida, contribuindo, deste modo, para os níveis de atraso e das taxas do analfabetismo “, frisou.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Halison Paixão revela que para ganhar destaque no mercado teve que dar letras musicais para artistas renomados

     Por: Luzingamu André O cantor e compositor angolano Halison Paixão revelou, recentemente em entrevista ao Podcast Goza Aqui, com Tiago Costa, que no início da...

    Halison Paixão revela que para ganhar destaque no mercado teve que dar letras musicais para artistas renomados

     Por: Luzingamu André O cantor e compositor angolano Halison Paixão revelou, recentemente em entrevista ao Podcast Goza Aqui, com Tiago Costa, que no início da...

    Lionel Messi torna-se no primeiro jogador na história do futebol a conquistar 45 títulos na carreira

    Por: Vanilson Gourgel O astro argentino Messi tornou-se o primeiro jogador na história do futebol a atingir 45 títulos, após ter conquistado a Copa América...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto