- Publicidade -

More

    Morreu líder do agrupamento Sassa Tchokwe Internacional

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O músico Rei da Costa, co-fundador do agrupamento musical Sassa Tchokwe Internacional, faleceu na madrugada deste domingo, em Saurimo (Lunda Sul), vítima de doença.

    Segundo fonte familiar, o artista, que padecia de diabetes desde 1992, morreu numa unidade hospitalar.

    Com o agrupamento Sassa Tchokwe, o músico produziu as obras “Lunda A Sokoloke”, “Garimpeiro”, “Soni Mandvunbu”, “Txisela”, “Sinergia”, “Muno Ukalu Kuyuka”, “Celestino Kahona”, “David Txifumani”, “Kufua Txa Muat Yav” e “Palancas Negras”, esta última dedicada à selecção nacional de futebol sénior masculino.

    Após separar-se do grupo, em 1999, gravou uma dezena de álbuns, entre os quais “Chance Jami”, em 2020 e  “Khosso Lia Buaza”, em 2021.

    De nome próprio Ilunga Mabanza da Costa, nasceu no município do Cuilo (Lunda Norte) a 02 de Dezembro de 1956. Começou a dar os passos na música com nove anos de idade, num grupo coral da igreja protestante.

    Aprendeu o canto e a tocar instrumentos na RDC, país onde se tinha refugiado com a família

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Yola semedo desfruta momentos em família no Dubai :

    "Desconectando da rotina e me conectando com a felicidade" De acordo com uma publicação feita recentemente no seu perfil de Instagram, a renomada cantora angola, Yola...

    UNITEL marca presença na FILDA 2024 com inovação e experiências interativas

    A UNITEL volta a marcar presença na maior bolsa de negócios de Angola, Feira Internacional de Luanda – FILDA 2024, a ter lugar de...

    Taag duplica voos semanais de carga  para Nigéria, República do Congo e  África do sul

    Na primeira quinzena de Julho, a TAAG procedeu ao incremento da frequência semanal dos voos de carga na conexão de Luanda com as cidades...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto