MPLA e igrejas avaliam impacto da Covid-19

0
229

A problemática da Covid-19 e o seu impacto na sociedade angolana foi analisada, esta quarta-feira, em Luanda, durante um encontro entre o secretariado do bureau político do MPLA e líderes de igrejas reconhecidas em Angola.

Estão sobre a mesa, entre outros assuntos, questões ligadas à produção nacional, higienização dos mercados paralelos e a circulação e pessoas e bens, em todo o território nacional.

O encontro reflecte, igualmente, a actuação da Polícia Nacional, nos últimos meses.

Ao intervir no acto de abertura, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, disse que o partido considera fundamental o papel da igreja na construção de uma Angola forte, próspera e coesa, onde haja cada vez mais liberdade de religião e de culto.

Por sua vez, os líderes religiosos apelam para a criação de mecanismos que facilitem a maior divulgação do perigo da pandemia da Covid-19 no país.

Prevê-se que a reunião venha a produzir um comunicado, com recomendações e conclusões.

O país soma 3. 569 casos positivos, com 139 óbitos, 1.332 recuperados e 2.098 activos.

Dos activos, um está em estado crítico com ventilação mecânica invasiva, 17 graves, 47 moderados, 60 com sintomas leves e 1.169 assintomáticos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui