- Publicidade -

More

    Nadir Tati: “Ser membro do Kinjin-Tatsujin significa um reconhecimento directo do meu trabalho como profissional”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Stela Cortêz

    Formada em Criminologia e Consultoria de Imagem, a consagrada designer, Nadir Tati, tem agora a missão de promover a filantropia em Angola, depois de ser indicada pelo Embaixador do Japão em Angola, Hironori Sawada, e nomeada pelo conselho consultivo internacional da Kenjin-Tatsujin para a Ashinanga África como membro da referida organização.

    “Eu fui convidada pela Embaixada do Japão em Angola para representar Angola no Conselho Consultivo Internacional para a Ashinaga, cuja finalidade será a escolha e entrega de bolsas de estudo à crianças desfavorecidas e órfãs, dando o apoio financeiro e educacional e que depois de conclusão dos seus estudos no exterior regressem aos seus países com a finalidade de contribuírem para o desenvolvimento do continente africano”, fez saber Nadir Tati, quando falava sobre o seu novo desafio numa entrevista cedida ao Platinaline.

    74a8ec0c-6960-48d9-8f68-0956f0e76cff

    A estilista destacou ainda que ser membro do Kinjin-Tatsujin significa um reconhecimento directo do seu trabalho como profissional e permite, ao mesmo tempo, que faça uma análise diária sobre os problemas das crianças africanas, em especial as angolanas, frisando ainda que se sente honrada em fazer parte de um grupo de líderes que todos os anos se reúne no Japão, não só por ser um dos membros mais jovens, mas por poder participar activamente na tomada de decisões sobre o futuro das crianças do continente berço.

    Questionada sobre os principais trabalhos que vai desempenhar, Nadir Tati respondeu: “Durante a terceira assembleia no Japão, os principais focos foram as medidas que devem ser tomadas para garantirmos o sucesso dos estudantes na Europa e nos Estados Unidos, incluindo alguns dos estudantes que se encontram no Japão, as motivações e o retorno dos alunos ao continente africano, para que participem no desenvolvimento de África. Não obstante a isso, foram também apresentados programas específicos, não só para as tecnologias, mas também para o desporto de alta competição, as artes e a música”.

    A indicação aconteceu na terceira assembleia geral da Kenjin-Tatsujim Internacional Adversory Concil, que decorreu na primeira semana de Março, em Quioto, Japão, fundada há 50 anos. Com sede em Tóquio, a instituição filantrópica ajudou mais de 100 mil órfãos nos últimos 54 anos.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Halison Paixão revela que para ganhar destaque no mercado teve que dar letras musicais para artistas renomados

     Por: Luzingamu André O cantor e compositor angolano Halison Paixão revelou, recentemente em entrevista ao Podcast Goza Aqui, com Tiago Costa, que no início da...

    Halison Paixão revela que para ganhar destaque no mercado teve que dar letras musicais para artistas renomados

     Por: Luzingamu André O cantor e compositor angolano Halison Paixão revelou, recentemente em entrevista ao Podcast Goza Aqui, com Tiago Costa, que no início da...

    Lionel Messi torna-se no primeiro jogador na história do futebol a conquistar 45 títulos na carreira

    Por: Vanilson Gourgel O astro argentino Messi tornou-se o primeiro jogador na história do futebol a atingir 45 títulos, após ter conquistado a Copa América...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto