- Publicidade -
">
Início* NotíciasNayo Crazy em fase de recuperação após remoção de tumores no cérebro

Nayo Crazy em fase de recuperação após remoção de tumores no cérebro

- Publicidade -
">

Por: Stella Cortêz

Conhecida pela presença no top das lides musicais em Kuduro com as faixas “Kibolobolo”, “A dança do chão”, Nayo Crazy, que em 2013 fez chegar à imprensa a informação de que havia perdido parcialmente a visão, falou em entrevista ao PLATINALINE a respeito do procedimento cirúrgico, bem como o processo de recuperação.

“Após a minha aparição no concerto da Titica, em Setembro de 2020, a mesma foi contactada por uma médica da Endiama, para que me levasse à clínica a fim de tratar do problema dos dentes, a partir daí, começaram as consultas. No entanto, como também tinha crise por causa dos tumores, então esta médica apresentou-nos a doutora Nzinga, do Hospital Militar, onde, em Novembro do mesmo ano, fui internada, e no dia 10 de Dezembro, aconteceu com sucesso o procedimento cirúrgico”, disse, salientando que, por conta do bom progresso do quadro clínico, foi-lhe permitido passar a quadra festiva junto dos familiares”, esclareceu.

Em casa desde Janeiro do ano em curso, a cantora assegura que o processo de recuperação tem evoluído significativamente todos os dias, apesar de ainda não poder ver sem opacidade, todavia, já consegue executar algumas actividades sem ajuda de terceiros.

“Os médicos esclareceram que, por ter passado muito tempo com os tumores, a operação não vai devolver a minha visão total e imediatamente. E como eu sou filha de Deus, tenho fé que voltarei a enxergar muito bem. Neste momento, após a operação, já sinto algumas melhorias, apesar de ainda observar com alguma dificuldade, porque às vezes, tenho algumas complicações por causa da medicação, mas com auxílio de alguns colegas como a Titica, Pai Gasolina entre várias pessoas que se solidarizaram com o meu caso”, disse.

Nayo destacou, ainda, que passado três meses, precisa regressar às consultas para a realização de eletroencefalograma, exame que vai permitir aos médicos obter mais informações sobre o desenvolvimento da recuperação e, se de facto poderá ou não voltar às actividades profissionais como a cantora tanto deseja. “Para a realização deste exame e continuar a medicação, preciso de 150 mil Kwanzas.”

Para auxiliar financeiramente no tratamento da lendária kudurista, ligue para +244 923 331 805

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments