Novelas ZAP Viva Resumos Janeiro Rosário, entre o Amor e o Ódio

0
340

 

 

Episódio 41, 1 de Janeiro 

António diz a Rosário que está a ser seguida por fiscais. Os dois vêem Ferney a espreitar para o apartamento de António e Rosário descansa-o dizendo que é seu amigo. Rosário conta a António e a Emílio que o seu patrão a trata como uma filha, mas não explica em que é que trabalha. No embarque, Nemésio percebe que o que vai nas encomendas é açúcar e Teo dá ordens para matar Nemésio. Rosário, António e Emílio fazem uma festa em casa e Emílio e Rosário fazem amor. Samanta tenta convencer António que Rosário é perigosa.

Episódio 42, 2 de Janeiro 

António pergunta a Emílio se já contou a Rosário que vai casar. Samanta fala com os investigadores e descobre que a assassina que procuram é a mesma rapariga que esteve com eles em Cartagena. Rosário liga a Emílio e é Paula quem atende, as duas trocam ofensas e Paula conta-lhe que Emílio vai casar. Mais tarde, Paula confronta Emílio e pergunta-lhe quem é a rapariga que ligou. Samanta pede aos investigadores que apanhem Rosário, mas que deixem António em paz. António deixa uma mensagem sobre Rosário no telemóvel de Emílio, mas o seu telefone está sob escuta. António conta a Rosário dos investigadores, mas ela só quer saber do casamento de Emílio.

Episódio 43, 6 de Janeiro 

Rosário e Adonai decidem esconder os pacotes de açúcar. Ferney oferece um colar a Rosário. Emílio vai avisar Rosário sobre os fiscais que andam atrás dela, mas ela só quer saber do casamento, discute com Emílio e expulsa-o de casa. Ferney vê Emílio sair de casa de Rosário e vai falar com ela, que acaba por o expulsar também. Ferney ameaça matar Emílio e Rosário. Emílio, António e Samanta encontram o corpo de Nemésio no carro de Emílio. Samanta quer chamar a polícia, mas os amigos preferem deixá-lo num lugar abandonado. Peludo dá a volta ao apartamento de Rosário para encontrar os pacotes de açúcar e Teo avisa-o para não deixar nenhuma prova.

Episódio 44, 7 de Janeiro 

Samanta pede aos investigadores que não permitam que António saiba que ela os está a ajudar. Peludo entrega os pacotes de açúcar a Teo e este pede-lhe para encontrar alguém para matar Rosário. Rosário chega muito bem vestida a casa de António e pede-lhe que a leve ao casamento de Emílio. Rosário oferece um telemóvel novo a António, para que não seja interceptado pela polícia. Teo ordena a Ferney que mate Rosário. António e Rosário chegam ao casamento de Emílio e Rosário recorda o local onde morreu el Papa. 

Episódio 45, 8 de Janeiro 

Emílio e Paula casam-se. Rosário sequestra Emílio, no carro dele enquanto dispara vários tiros no ar, deixando todos em pânico. Os investigadores cruzam-se com o carro de Emílio a sair da Belavista e começam a persegui-los. Ferney mata o porteiro de António e entra no seu apartamento, mas não encontra nada mais que um retracto de Rosário pintado por ele, que o deixa furioso. Rosário e Emílio fazem amor, enquanto na igreja todos desesperam por ele. António chega a casa e liga a Rosário e Emílio, e Ferney ouve tudo. Rosário liga a Paula e diz que tem Emílio sequestrado. Emílio começa a achar que Rosário está a ir longe de mais com os seus jogos. Rosário queima os calções de Emílio para não deixar que ele se vá embora e liga a António para que se junte a eles.

Episódio 46, 9 de Janeiro 

Paula tem a polícia em casa a tentar descobrir se se trata ou não de um sequestro, enquanto Rosário e Emílio fazem amor. António liga a Rosário para lhe contar tudo, mas ela não atende. Os investigadores pressionam António para que lhes diga tudo o que sabe sobre o sequestro. Emílio aproveita que Rosário adormeceu e foge. Rosário acorda e liga-lhe, implorando-lhe que não a deixe. Rosário liga desesperada a António, contando-lhe que Emílio a deixou. Emílio volta para casa e mente ao interrogatório. Samanta decide abandonar o escritório de arquitectos.

Episódio 47, 13 de Janeiro

Samanta liga a António para se despedir. Ferney discute com Rosário por causa de António e Emílio. No aeroporto, Samanta avisa António que Rosário o está a arrastar para a prisão. Em casa, Rosário destrói as fotos de Emílio. António compra um vestido a Rosário e tenta consola-la pelo abandono de Emílio. Ferney está à porta de Rosário a ver tudo. António passa a noite com Rosário. Pela manhã, Emílio liga a António e este diz-lhe que passou a noite com Rosário e que ela não está triste. Emílio fica furioso. Rosário leva o pequeno almoço a Ferney e abraça-o, mas Ferney dispara contra Rosário e foge. António leva Rosário ao hospital. Emílio está a jogar ténis e recebe um telefonema de António a dizer que Rosário está a morrer. No hospital perguntam a António se é o pai da criança que Rosário está à espera.

Episódio 48, 14 de Janeiro 

O médico diz a António que ela e o bebe estão a recuperar. Emílio quer ir ter com Rosário, mas Paula não o larga e ele acaba por desistir. Peludo e Teo festejam a morte de Rosário. Os investigadores chegam ao hospital onde está Rosário e detêm António. JF culpa Ferney por não ter protegido Rosário e os dois planeiam tirá-la no hospital roubando uma ambulância e escondendo-a de Teo. Emílio chega ao hospital e implora que lhe deixem ver Rosário. Teo pede a Peludo uma prova da morte de Rosário. Ferney vê Rosário no hospital e arrepende-se de ter disparado. Começa a tentativa de tirar Rosário do hospital.

Episódio 49, 15 de Janeiro 

Os rapazes conseguem levar Rosário. Na prisão, António está preocupado com Rosário e com o bebe. Os investigadores questionam-se sobre o porquê de dois meninos de bem como Emílio e António se darem com Rosário e investigam o corpo de vigilante morto no hospital. Na televisão passam notícias sobre a morte de Rosário, a sua relação com narcotraficantes e a acusação de várias mortes. Emílio chora ao ver as notícias. 

Episódio 50, 16 de Janeiro 

Ferney consegue oxigénio para Rosário e JF agradece-lhe por a ter salvo. Emílio é detido. António conta a Emílio que ela está grávida. Emílio insiste com António para saber se ele teve relações com Rosário e António acaba por admitir que sim. Pela televisão, Paula descobre que Emílio está detido. A médica raptada entrega a JF uma carta para que ele entregue à sua família juntamente com uma prova de sangue de Rosário a um laboratório para confirmar se ainda continua grávida. Fernay confessa à médica raptada que foi ele quem disparou contra Rosário. Emílio é solto e António pede-lhe para procurar o número de JF para saber de Rosário.

Episódio 51, 20 de Janeiro 

Rosário acorda do coma. Querubin conta a Adonai que Rosário está viva e compromete-se em guardar silêncio absoluto. JF dá um telemóvel à médica para que fale com a sua família. As análises de Rosário chegam e descobrem que a jovem continua grávida. Rosário descobre que está grávida. Paula confronta Emílio por enganá-la com Rosário. A médica reconhece a dedicação de JF à irmã e os dois começam a dar-se bem. Emílio vai ao apartamento de António e descobre o número de JF. Ferney pede desculpa a Rosário. A médica raptada e JF fazem amor.

Episódio 52, 21 de Janeiro 

Ferney promete a Rosário matar Teo. A médica conta a JF que ouviu Ferney confessar que foi ele quem disparou contra Rosário. Rosário sofre um choque e o oxigénio desliga-se. Teo sai de pé de Rosário disposto a matar Teo quando ele lhe liga para combinar o pagamento pela morte de Rosário. Emílio vai visitar António e depois parte para o Dubai com Paula. Teo mata Ferney. Rosário volta a acordar do coma.

Episódio 53, 22 de Janeiro 

Passou um mês e António continua preso. O amigo que arranjou na cadeia aconselha-o a arranjar um advogado da máfia que é mais eficiente, mas ele insiste em acreditar na justiça. Rosário começa a perceber que está grávida e visita António da prisão, contando-lhe como fugiu, que Ferney morreu e que descobriu que está grávida e que o filho é dos três. Rosário é vista na prisão e avisam Teo que ordena a Peludo que a espere à saída. JF e Rosário planeiam tirar António da prisão. Emílio liga a JF e quem atende é Rosário. Emílio fica espantado sem acreditar que ela afinal está viva.

Episódio 54, 23 de Janeiro 

António liga para Rosário da prisão e avisa-a que a estão a seguir. Rosário encontra Tigre e dispara, matando-o. Rosário sente uma dor muito forte na barriga e liga à médica para que ela a assista. A médica diz a Rosário que ela perdeu o bebe. Emílio liga para Rosário e atende a doutora e Paula ouve tudo. Presos mandados por Peludo pegam fogo à cela de António, mas por sorte ele não está. Paula pergunta a Emílio se já apareceu o corpo de Rosário e Emílio mente. Rosário diz a JF que têm que matar Teo.

Episódio 55, 27 de Janeiro 

Adonai pressiona Rosário para que dispare contra JF como prova da sua fidelidade. Peludo conta a Teo que António não morreu e Teo ordena para que terminem o trabalho. António é aconselhado a dizer que não conhece Rosário, mas ele nega. JF vai buscar Emílio para lhe mostrar onde está Rosário e Paula segue-os. Rosário conta-lhe que perdeu o bebe e que planeiam tirar António da prisão, enquanto Paula ouve tudo. Paula confronta Rosário e diz-lhe que se ela não se voltar a aproximar de Emílio ela não a denuncia. O plano para o salvar não resultou porque António se recusou a fugir e Rosário fica furiosa. Rosário consegue salvar António.

 

Episódio 56, 28 de Janeiro 

Rosário conta a António que perdeu o bebe e que se vai vingar-se de Teo. Na televisão dá a notícia da fuga de António e Paula e Emílio vêem. António vai pedir ajuda a Paula, mas ela recusa. Os investigadores pressionam Emílio para entregar António porque sabem da sua relação com ele e com Rosário, mas ele nega. Paula ouve tudo. Teo manda sequestrar Ericson para pressionar Rosário. JF volta a casa e vê Ericson a ser levado. Começam aos tiros e JF morre no tiroteio.  

Episódio 57, 29 de Janeiro

Libardo conta a Rosário da morte de JF. Emílio chateia-se com Paula por se ter negado a ajudar António. Rosário e Ruby voltam a encontrar-se e o velório de JF é feito em casa da mãe. António liga a Emílio e pede-lhe que o ajude a consolar Rosário, mas ele nega-se por achar que pode tornar-se perigoso. Rosário liga a Emílio, mas é Paula que atende e insulta-a. Peludo prepara-se para matar Rosário. Libardo promete ajudar e proteger António e Rosário. António declara-se a Rosário.

Episódio 58, 30 de Janeiro 

No velório de JF, Rosário está desarmada e esconde-se com António por trás de um muro. António dispara e mata alguém do bando contrário. Rosário agarra numa arma que está no chão e dispara contra Peludo, ferindo-o. António fica muito alterado por se considerar um assassino. Teo pensa atingir Rosário com o que ela mais gosta: António e Emílio. Teo pede ajuda a Paula para se vingar de Rosário. Emílio promete ajudar António e Rosário com dinheiro e com documentos para poderem sair do país enquanto Paula ouve tudo. António tenta convencer Rosário a denunciar Teo em vez de se vingarem pelas próprias mãos. Paula conta tudo o que sabe sobre a localização de Rosário a Teo. Rosário e António planeiam roubar o dinheiro dos mexicanos e queima-lo.

Episódio 59, 3 de Fevereiro 

António, Rosário e o seu bando chegam ao dinheiro dos mexicanos e queimam-no. Paula recebe em casa as fotografias de Rosário e António para os passaportes e Emílio encontra-a a queimar as fotos. Emílio garante que os vai ajudar e liga para António a dizer a hora do voo, mas a chamada está em escuta pelos investigadores. Teo chega ao local onde o dinheiro foi queimado e jura matar Rosário. Paula encontra-se com Teo e conta todos os planos de Emílio. Emílio faz uma mala de roupa para António e leva-lhe, enquanto é seguido pela polícia. António implora que Emílio se despeça de Rosário no cemitério. Ele aceita e Paula fica furiosa e decide contar tudo a Teo. António descobre que Paula entregou Emílio e Teo e conta-lhe que Teo é um assassino. Os dois vão atrás de Emílio para o cemitério. Emílio e Rosário encontram-se no cemitério.

 

Episódio 60, 4 de Fevereiro 

Os investigadores estão no cemitério e vêem chegar Peludo e os homens a mando de Teo. Rosário e Emílio são encontrados e começa um tiroteio. Rosário mata Peludo. Rosário foge e deixa Emílio escondido atrás de uma tumba. Emílio tenta fugir, mas é atingido e morre. Paula e António chegam ao cemitério, mas já e tarde demais. Pamela também é ferida no tiroteio e acaba por morrer. António ouve as sirenes da polícia e foge para se encontrar com Rosário. Os dois choram a morte de Emílio. Teo conta a Adonai que Rosário matou Peludo e Adonai chama-a para pedir explicações. Rosário e António vão a casa de Adonai com o dinheiro como prova do pagamento dos mexicanos a Teo. Teo nega todas as acusações. Rosário mata Teo e entrega-se a Adonai. Rosário e António são baleados a mando de Adonai e morrem.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui