- Publicidade -

More

    Novos empreendimentos nascem na Baía de Luanda

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Vinte edifícios de 28 andares começaram a ser edificados junto do Porto de Luanda, para instituírem o denominado distrito financeiro da cidade de Luanda, inserido no plano urbanístico da capital de Angola.

    Os 20 lotes de terrenos disponíveis para o efeito, 60 porcento já estão comercializados e outros 25 porcentos encontram-se em fase avançada de negociações, de acordo com a administradora executiva do projecto Baia de Luanda, Vera Massano.

    Falando em conferência de imprensa que visou a apresentação do presente e futuro da Baía de Luanda, realizada hoje, quarta-feira, Vera Massano referiu que o distrito financeiro da cidade de Luanda, será constituído não apenas por instituições bancárias, mas também por empresas do ramo financeiro, centros de negócios com qualidade, entre outros.

    Dos 20 edifícios previstos, o primeiro já encontra-se em fase de avançada de construção e aguarda-se pelo início de outros, enquanto comercializa-se os espaços disponíveis ainda existentes para o mesmo efeito.

    Ainda no quadro do aproveitamento do espaço Baia de Luanda, está de igual modo em curso a construção do seu distrito habitacional nas imediações do inactivo Hotel Panorama, onde prevê-se a construção de 54 edifícios de 12 andares com apartamentos T1 e T4.

    Fez saber que o primeiro edifício totalmente vendido será apresentando no dia 22 deste mês.

    Deu a conhecer que por metro quadrado dos referidos apartamentos estão a ser cobrados quatro mil e 500 dólares americanos.

    A zona urbana, totalmente infra-estruturada comporta redes de água potável, esgotos, energia eléctrica, e terá zonas verdes, campos desportivos, grandes áreas comerciais e outros serviços, tudo localizado entre as águas da Baía de Luanda ao oceano atlântico.

    Além dos distritos financeiro de Luanda e residencial, o projecto Baía de Luanda contempla espaços comercias, de eventos, estacionamento e publicidade.

    “O projecto Baía de Luanda iniciou-se com a requalificação e com a conclusão dessa fase ganhámos uma nova responsabilidade em dar mais vida à cidade de Luanda”, sublinhou Vera Massano.

    Além disso, o projecto prevê a construção do edifício “Luanda Waterfalls”, um business Park Premium com quatro edifícios para escritórios e uma torre habitacional.

    De acordo com a administradora executiva, os referidos projectos serão erguidos num espaço entre a marginal e o início da Ilha do Cabo.

    Por seu turno, o presidente do Conselho de Administração do projecto Baía de Luanda, Miguel Carneiro, garantiu que todas as actividades realizadas no local são fontes de tributação, sem no entanto avançar o montante já arrecado para os cofres do estado com a abertura dos mais variados serviços.

     

     

    Platinaline/angop

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto