- Publicidade -
Início* Angelina de salesO Preço Da Beleza

O Preço Da Beleza

- Publicidade -

” O pior mesmo é ver aqueles que já estão magros feito folhas mais olham-se no espelho e dizem:” ainda é pouco”,”

 

No ano de 2009 estávamos a fazer um trabalho para a disciplina de Bioética e meu grupo escolheu o polémico tema intitulado Bioética e cirurgia plástica. Nele desenvolvemos os factores  que levam as pessoas a se submeterem a uma cirurgia seja ela reconstrutiva, estética, ou de reabilitação, qual o papel que o profissional de saúde deve tomar face a essas exigências, etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais, como tenho  a mania de procurar um pouco mais para poder entender melhor o porquê das coisas, já que o tão famoso perfil de beleza vem mudando ano após ano por aqueles que fazem o marketing e mandão na mídia querem ao seu bel prazer usando  astros de cinema, atrizes de novelas, e as top model para tentarem convencer a nós pobres mortais. Sendo assim resolve ir mais a fundo e encontrar a famosa história que ouve falar a uns  tempos sobre os pés de lótus.

 

 

 

 Senhoras Chinesas e seus “Pés-de-Lótus”.

 

 

Os pés de lotos é uma prática que perdurou por 800 anos e até hoje mesmo sendo proibida ela é praticada (em menor grau) em algumas áreas rurais da China. Esta prática foi instituída pelo imperador Tang cuja filha, a princesa Taki (que depois veio a se tornar imperatriz) nasceu com uma deformação óssea nos pés que impossibilitou o crescimento dos mesmos. Até atingir a idade adulta seus pés mediam apenas 8 cm. Com medo de  que sua filha fosse excluída e desprezada por não estar dentro dos padrões de outras jovens, ele como pessoa que detinha o poder maioritário instituiu a partir daquele momento que as jovens para estarem dentro dos padrões de beleza tinham de ter os pés pequenos como o brotar da flor de lótus, sobe pena de que quem não os tivesse não casaria, seria solteira para sempre pois não seria mulher suficiente para agradar um homem.

 

 

 

 

Os “Sapatinhos-de-Lótus”.

 

E acreditem todo mundo seguiu. Também como não seguir? Naquele tempo era o imperador quem mandava, ele fazia a sociedade e a sociedade  o que ele queria. Todo mundo seguiu o que foi decretado tanto as famílias mais abastadas tanto os camponeses, pois não aceitavam que a filha do imperador fosse mais bonita que a sua. E a partir dos três anos de idade os pais começavam a enfaixar os pés de suas filhas com ligas humedecidas que não eram retiradas a não ser quando estivessem ao abrigo de suas casas. Os pés pequenos, eram o ponto máximo do erotismo daquela época e ponto culminante do prazer quando na lua-de-mel as mulheres desenfaixavam os seus pés e mostravam as preciosidades aos seus maridos. Pelo que me deu a entender só de olhar para os pés elas já garantiam o orgasmo de seu amado. Vai encarar?

 

 

 

 

Mas o que estou eu aqui a falar? Não podemos nos esquecer que nos tempos de hoje a história é a mesma. O apelo ao silicone, botox, lipoaspiração, plásticas… A música é a mesma, se  repete. Só mudou o refrão. Um belo dia alguém acordou sonhou e disse: Vou fazer dinheiro mudando o conceito de beleza. Agora é nariz afinado corpo esbelto digno de uma agulha, bunda avantajada seios fartos, lábios carnudos como nunca, e tudo mais. Para isso dar certo é só acionar a mídia por as atrizes em dia e já esta.

 

 

<

E lá vamos nós simples mortais a seguir e a entrar na onda com nossos planos de saúde, feliz quem tem, pois eu só conheço isso agora e também para desgraça, ou melhor, para infelicidade de muitos ainda bem que não cobre esse tipo de coisas (para não falar loucura), pois ainda posso ser mal interpretada. Cada um faz o que quer do seu próprio corpo. Pois bem para mim não é bem assim se não, não estaria aqui a escrever.

 

É como se os 800 anos estivessem de volta só que não mais em forma de pés de lótus mais sim em forma de Angelina Jolie, Gisele Bundchen, Juliana Paes, e outras tantas que poderiam encher esse texto. Mais não podemos nos esquecer que elas chegam a ser patrocinadas para vender produtos roupas e tudo mais e que isso faz parte do trabalho delas sem esquecer que algumas já foram abençoadas pela natureza. E nós? A ralar, a dar no duro para nos igualarmos ou para estar dentro dos padrões ou o pior para agradar o namorado marido ou sei lá o que for.

 

 

Tive de escrever isso tudo para que possam entender melhor aonde quero chegar. Em nosso trabalho nos focamos mais naquelas pessoas que fazem de tudo para estarem bem consigo mesma seguindo um padrão estipulado pela mídia na tentativa de estar dentro dos padrões da sociedade na esperança de não ser excluída e melhor aceite. Mais existe aqueles que precisam emagrecer a todo custo por que o peso prejudica sua saúde ou fazer uma redução de seios, pois prejudica sua coluna, etc. A essas dou uma trégua, apoio e aceito desde que procure um bom profissional e tenham acompanhamento médico multidisciplinar  correcto não se colocando na mão de pessoas incapacitadas só por que oferecem um preço menor.

 

 

O pior mesmo é ver aqueles que já estão magros feito folhas mais  olham-se no espelho e dizem:” ainda é pouco”, só por que viu a nova foto da Angelina Jolie. E surgem assim distúrbios como anorexia, bulemia, etc. Colocam  peitos quando já se tem na medida, fazer dietas radicais que vocês nem imaginam. Tipo ficar 10 dias só a comer frutas. Quem me conhece sabe que se eu fizesse uma dessas no terceiro dia ia parar no São João Baptista, pois não ia ter pernas que me agüentassem. E por ai vai tudo em prol da beleza.

 

Como  Nutricionista, penso estar a dar o meu contributo abrindo os olhos que ainda estão fechados e vidrados na mídia e no enquadro social da beleza, arregalando os olhos de quem esta focado na busca do corpo perfeito sem medir esforço arriscando a própria vida.

Ao querer ficar de bem com seu corpo e levantar a sua auto-estima (pois é isso que todo mundo que faz dietas radicais e não para de se por na faca diz, nunca admitindo que segue a moda, e não consegue manter  uma alimentação saudável ), procure fazer uma reeducação alimentar com quem entende do assunto, pois a medida que vou entendendo da coisa me pergunto: será que dieta ajuda a emagrecer e manter o peso de que necessito?

O dinheiro gasto na compra dos produtos para seguir essas dietas que podem levar a morte invista-o comprando alimentos saudáveis e pagando uma academia. Seu tempo gasto para cumprir com as exigências da dieta converta-o em esforço e vá mais vezes a academia, faça caminhadas, suba escadas e passe a cozinhar suas próprias refeições comendo em casa pelo menos cinco vezes na semana, pois a comida de restaurante são mais gordurosas e atendem o público em geral e não quem quer estar de bem com seu organismo pois, visam o lucro e assim sendo vão a procura do que a maioria gosta não o que você quer em especial.

MORAL DA HISTÓRIA: podemos não admitir mais o impacto que a sociedade tem em nossa maneira de pensar é muito grande e ninguém tem o direito de estipular o preço a ser pago pela sua beleza, pois ela está nos olhos de quem a vê. Por isso passe a se olhar no espelho com um ponto mais critico seja você mesmo o seu juiz e não se deixe influenciar pelos que só olham a beleza e não zelam pela sua  saúde.

 

SEU ALIMENTO É O SEU MELHOR REMÉDIO “Hipócrates”

 

Autora do texto: Angelina De sales

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments