- Publicidade -
">
InícioMúsicaObadias Correia é o primeiro vencedor do festival nacional da canção patriótica

Obadias Correia é o primeiro vencedor do festival nacional da canção patriótica

- Publicidade -
">

O Músico Obadias Correia, concorrente da província de Luanda, é o vencedor do primeiro Festival Nacional da Canção Patriótica, designado, Festiangola 2021, organizado pelo Grupo Boa Vida e o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, realizado em Luanda, esta sexta-feira, 17 de Setembro em saudação ao dia do Herói Nacional e do Fundador da Nação Angolana, Dr. António Agostinho Neto.

Obadias Correia, que concorreu com a canção intitulada “Angola te Espera”, foi o eleito do jurado, presidido pelo conceituado musico, Carlos Lamartine de um conjunto de 15 participantes em representação das 18 províncias do país e que foram selecionados de um grupo de mais de duzentos candidatos que apresentaram obras nos estilos Kizomba, Semba e Kuduro.

Ao vencedor do primeiro Festiangola, foi atribuído como prémio, um cheque no valor de dois milhões de kwanzas, uma estatueta em bronze, representando o símbolo da cultura nacional, um certificado e terá direito a gravação de um disco e um vídeo musical.
Coube ao Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente, Jomo Fortunato que prestigiou o evento a entrega do premio ao primeiro classificado.

Visivelmente satisfeito, Obadias Correia, dedicou o prémio à sua noiva, aos membros da Igreja Tocoísta no Mundo e à Polícia Nacional, corporação onde segundo ele, apreendeu a conhecer os valores do patriotismo.


Em segundo lugar, com a canção “Bons dias Virão”, ficou classificado o musico Bruno de Sousa, à quem coube um prémio no valor de um milhão de kwanzas, entregues por Tomasz Dwobor, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Boa Vida. O PCA do GBV sublinhou esperar que a segunda edição possa contar com uma maior participação de candidatos em função dos obstáculos vividos devido a pandemia da Covid-19 que impossibilitou uma representatividade mais abrangente ao nível das 18 províncias do nosso país.

Solange Candinho, cantou Paz e Amor e sagrou-se no terceiro lugar e recebeu das mãos da Directora Nacional do Museu Nacional de Antropologia, Maria Belmira, um cheque no valor de quinhentos mil kwanzas.


Carlos Lamartine, Presidente da mesa do Júri que integrou entre outros os músicos, Fábio Dance e Margareth do Rosário, sublinhou as dificuldades que o jurado teve para a escolha dos vencedores devido a qualidade das composições e interpretações de todos os concorrentes e que mereceram da parte da mesa do Júri toda a devida atenção.

Esteve presente entre outras individualidades na Gala do Primeiro Festival Nacional da Canção Patriótica, transmitido em directo pela TPA e TPA Internacional, o Secretário de Estado para a Cultura, aficionados da cultura e convidados num número reduzido devido as medidas de protecção e combate ao novo coronavírus.

Lembrar que os 15 concorrentes na primeira edição do Festiangola representaram as províncias da Huíla, Malanje, Lunda-Norte, Benguela, Huambo, Namibe, Cuando Cubango, e Luanda

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments