- Publicidade -

More

    País investiu 19 milhões de dólares nos bancos de sangue nos últimos cinco anos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O Executivo investiu um total de 19 milhões de dólares na aquisição de equipamentos para os bancos de sangue em todo o país, nos últimos cinco anos, segundo a directora do Instituto Nacional de Sangue (INS), Deodete Machado.

     

    “Nestes cinco anos, estes valores serviram para a compra de algum equipamento para melhorar a nossa prestação nos serviços, nomeadamente centrifugas, frigoríficos, reagentes, aparelhos de despistes de doenças transmissíveis, entre outros distribuídos pelas diferentes unidades hospitalares e centros de provinciais”, detalhou citada hoje pela Rádio Nacional de Angola.

     

    Deodeth Machado, que falava no quadro das comemorações do Dia Mundial do Dador de Sangue, que hoje se assinala, realçou, por exemplo, que só a província de Luanda, capital do país, consome, diariamente, mais de 300 unidades do produto.

     

    Em exclusivo ao Jornal de Angola, a directora do INS avançou que as 80 ou 85 unidades têm sido disponibilizadas, maioritariamente, por dadores familiares, longe da meta indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que defende que pelo menos um por cento da população de um país deva ser dador voluntário.

     

    A responsável do INS informou que o país tem, actualmente, um total de 16.650 dadores de sangue, sendo dez mil familiares, correspondendo 83%, e 6.650 voluntários.

     

    Fonte: Jornal de Angola

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto