Petro e Sagrada decidem título na última jornada

0
90

A decisão do título do Girabola’2020/21 ficou adiada para o próximo domingo, às 15h00, quando Petro de Luanda e Sagrada Esperança se defrontarem para a 30ª e última jornada, no Estádio Nacional 11 de Novembro, na capital.

Militares vergam e ditam sentença que condena “católicos” do Uíge para a Segundona ©
As equipas partilham a primeira posição da tabela classificativa, ambas com 67 pontos, mas com vantagem dos diamantíferos sobre os tricolores devido à vitória na primeira volta, por 1-0, no Dundo.

Ontem à tarde, Sagrada Esperança e o Petro venceram os adversários para a 29ª jornada da competição. No Dundo, os diamantíferos derrotaram o “moribundo” Progresso Sambizanga, por 2-0, com golos de Cachi e Caranga, ambos na primeira metade do jogo.

Noutro jogo aguardado com bastante expectativa, o Petro suou bastante para vencer o Desportivo da Huíla, por 1-0, no Estádio do Ferroviário, na cidade do Lubango.
O único golo da partida foi apontado por Tiago Azulão, aos 51 minutos, na sequência de um cruzamento de Megue. O brasileiro aproveitou uma desconcentração, do sector defensivo dos militares da Região Sul, para marcar o tento.

A partida foi marcada por bastante virilidade na disputa das jogadas entre os jogadores dos contendores, pois as duas pretendiam o triunfo. O Petro com os olhos no título e os anfitriões a tentarem escapar da zona movediça da classificação.

O momento do desafio registou-se antes do intervalo, quando o árbitro Armando da Silva admoestou o ‘capitão’ Job, com a cartolina amarela, por discutir de uma decisão do juiz
Este desafio ficou marcado também pelas aglomerações nas bancadas, sem respeito ao Decreto Presidencial e ao distanciamento social para mitigar os efeitos da Covid-19.

Em Luanda, o 1º de Agosto piorou a situação do Santa Rita de Cássia FC quanto à permanência no Girabola, ao derrotar o adversário, por 4-2, no Estádio Nacional 11 de Novembro.
Para a mesma ronda, o FC Bravos do Maquis, que certificou a quarta posição da tabela classificativa, com 55 pontos, venceu o Recreativo da Caála (6º/43), por 2-0, no Estádio Johones Kufune “Mundunduleno”, na cidade do Luena.

A Baixa de Cassanje de um salto na classificação, com o triunfo sobre o Interclube, por 1-0, no Estádio 1º de Maio, em Malanje.

Noutro desafio de aflitos, um golo de Liliano retirou o Libolo da asfixia e conseguiu a manutenção, após vitória sobre o Wiliete Sport Clube, por 1-0, na Vila de Calulo.
No Cuito, o Cuando Cubango FC e Académica do Lobito empataram a uma bola no Estádio dos Eucaliptos.

No Planalto Central, o Ferrovia do Huambo despediu-se dos adeptos, com derrota diante do Sporting de Cabinda, por 1-2, no Estádio dos Kuricutelas.

Edu marcou o tento dos locomotivas, enquanto Kadima e Pedro apontaram para os leões de Cabinda.

A última jornada é que vai definir os acompanhantes do Ferrovia do Huambo na “viagem para a descida ao escalão secundário do futebol nacional, pois a ronda disputada ontem não deixou tudo clarificado quanto à esta questão.

Os triunfos do Recreativo do Libolo, Baixa de Cassanje e Sporting de Cabinda desanuviou, apenas um pouco, a situação complicada na tabela classificativa destas equipas, excepção seja feita aos calulenses que, com a vitória, chegaram aos 34 pontos e saiu praticamente da “zona movediça”.

Mas, Baixa de Cassanje, 31 pontos, e Sporting de Cabinda (30) são obrigados a vencer na derradeira jornada para completarem o alívio. Mesmo assim, os leoninos dependem de terceiros para assegurar a manutenção.

Na mesma condição, de calculadora na mão, estão Desportivo da Huíla e Progresso Sambizanga, ambos com 31 pontos. O FC Santa Rita parece já ter “atirado a toalha ao tapete”, com a derrota de ontem frente ao 1º de Agosto.

Mas, ainda continua a acalentar esperança, afinal é a última a morrer. Na derradeira jornada, todos os aflitos têm compromissos com elevado grau de dificuldades. A Baixa de Cassanje vai ao reduto do Wiliete, o Libolo visita o homónimo da Caála, o Desportivo desloca-se ao Lobito para medir forças com a Académica, o Progresso bate-se com o Bravos do Maquis e a Santa Rita joga frente ao Interclube. O único que joga em casa é o Sporting que enfrenta o já tranquilo Cuando Cubango. Dos cinco aflitos, dois vão seguramente fazer companhia ao Ferrovia do Huambo. A jornada trinta vai definir quem serão.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments