Gildo Matias José, mestre em Ciência Política e especialista em Políticas Públicas, acaba de assumir o cargo de Director do jornal Vanguarda, o título generalista do Grupo Media Rumo.

O também docente universitário, dedicado às áreas disciplinares de representação política, movimentos sociais, acção política e políticas públicas, já desempenhou funções técnicas no Secretariado Executivo da CPLP e é, segundo o Presidente do Conselho de Administração da Media Rumo, “o profissional certo para consolidar o desenvolvimento de um jornal que procura contribuir para o desenvolvimento de Angola e dos Angolanos, colocando na agenda mediática temas estruturantes e capazes de contribuírem para as mudanças e transformações em curso de forma positiva e sustentável”.

Jornal

A par da sua actividade como docente na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, Gildo Matias José exerce igualmente trabalho de consultoria em temas que irão contribuir para um trabalho diferenciador à frente desta publicação, a saber: política de formação de quadros e reforma do Estado. É também conferencista internacional para temas cruciais como a representação política em democracias não consolidadas e políticas sociais em África.

jornal3

Sobre este novo desafio, o novo Director do jornal Vanguarda afirma que “ tudo fará, em conjunto com a equipa que desde Maio de 2016 tem trabalhado, para que o jornal seja uma marca de media que se imponha como uma das mais importantes no País, com capacidade de comunicar para dentro e para fora de Angola, com um jornalismo exigente, responsável e inovador”.

SOBRE O VANGUARDA
Lançado oficialmente em Luanda no dia 25 de Maio de 2016 – o Dia de África – o Vanguarda nasceu como um jornal generalista, bimensal, cujo enfoque principal é o desenvolvimento sustentado da economia e da sociedade Angolanas. Das suas rubricas fazem parte temas como a política, a economia, a sociedade, a cultura e as artes, o desporto, o internacional e África.
Com um design moderno, actual e de fácil apreensão em termos de leitura, o Vanguarda tem vindo a afirmar-se como um meio que tem sido também capaz de trazer até aos leitores as melhores entrevistas com responsáveis nacionais e internacionais e a melhor opinião sobre os temas que marcam a agenda e o desenvolvimento de Angola, de África e do Mundo.