Retrospectiva 2017 : Os principais factos da Musica angolana em 2017

0
155

Música é arte, algo mais fiável que as pessoas usam para expressar os seus sentimentos. Para muitos, é a própria vida e para outros é um passatempo. O número de novos talentos da música angolana cresce a cada dia e para músicos revelação o Platinaline destaca os jovens L’Vincy, Liriany Castro, Nerú Americano, Filho do Zua e Cláudio Fênix, que provou que podemos contar com ele em 2018.

 

NSOKI

Na música angolana o ano de 2017 foi da cantora Nsoki, que ficou marcado com conquistas e glórias para a cantora da Kineto.

Nsoki apostou forte com o single Africa Unite uma colaboração com os DJ Paulo Alves e Maphoriza, e, com este tema, que apela a união entre os povos africanos, a artista deu um salto alto na sua carreira internacional, chegou a levar o nome de Angola aos Estados Unidos, país onde venceu prémios nas categorias de Melhor Artista Feminina PALOP e Melhor Single no concurso African Entertainment Awards – USA; venceu dois prémios nos AFRIMMA; um prémio no All Africa Music Awards; o seu single recebeu mais de 20 nomeações em premiações internacionais e recebeu um certificado de mérito do Senado americano e foi nomeada pela ministra da cultura, Carolina Cerqueira, como a embaixadora do Corredor do Kwanzas, em suma: foi um ano abençoado para esta cantora;

nsoki nsoki-12

smedosoki-11

C4 PEDRO

 Quem também teve um grande ano em grande foi o talentoso C4 Pedro. King CKWA carimbou o seu nome na edição de 2017 dos AFRIMMA, tendo vencido as categorias de Melhor Artista Lusófono, Cruzando Fronteiras e Melhor Artista Masculino da África Central. C4 também teve o seu nome listado nas categorias de Melhor Colaboração, Vídeo do Ano e Artista do Ano. Foi um dos que mais nomeações internacionais conquistou; fez parte do projecto African Leaders 4 Change Awards, de artistas africanos unidos pela causa da construção de hospitais e escolas em África, constituído por artistas como Youssou N’dour, Yvone Chaka Chaka, Peter Square, Fally Ipupa e Akon, projecto este que criou o hino da causa, uma música intitulada The Song For Africa (a música para África, em português). C4 Pedro teve ainda uma nomeação nos EMA (Europe Music Awards 2017), na categoria de Melhor Artista de África, prémio que foi vencido por Davido; e bem no final do ano , foi eleito como uma das personalidades mais influentes do continente Africano.

c4pedro_

ANSELMO RALPH 

Tal como já tem habituado os seus fãs, o nosso querido Cupido teve um ano digno de bastante realce. Sendo um dos principais responsáveis pela internacionalização da música angolana, Anselmo investiu em vários concertos internacionais e teve uma recepção bastante positiva em vários países da Europa, fez uma grande digressão por Angola com o álbum O Amor É Cego e tudo isso é só foi o começo. O artista, que também somou inúmeras nomeações internacionais, foi um dos primeiros angolanos a participar no programa global de música Coke Studio, onde fez uma grande parceria com o grupo sul-africano Mi Casa. Com o início da “Brazillian Tour 2017”, a tournée que o cantor realizou no Brasil durante este ano, Anselmo lotou a Barra Music, no Rio de Janeiro, com um memorável concerto, que teve a participação de várias estrelas desse país irmão;

ludmilla-prestigia-cantor-angolano-no-barra-music-nota_305013_36

NAGRELHA

Começando oficialmente uma nova fase da sua carreira, Nagrelha, o Estado Maior do Kuduro, protagonizou em Setembro, a maior enchente vista na Praça da Independência em 2017 com a venda da sua primeira obra a solo intitulada “Arquitecto da Paz”, em homenagem ao ex-presidente da república, José Eduardo dos Santos;

 EDMÁZIA MAYEMBE

A autora do hit Alma Nua também foi um dos cantores que mais se destacaram em 2017. A artista assinou um contrato de três anos com a editora Clé Entertainment, depois de ter saído da Arca Velha; brilhou em vários concertos dentro e fora do país, mas a sua grande conquista foi a participação nos Angola Music Awards, onde venceu três prémios, nomeadamente: Melhor World Music, Melhor Artista Feminino e Melhor Kizomba;

TITICA

Quem também viveu momentos mágicos em 2017 foi a cantora Titica, que levou toda a sua energia para o Brasil, onde participou do grande Festival Rock in Rio, tendo sido o primeiro artista angolano a conquistar tal feito;

YOLA SEMEDO

A cantora Yola Semedo foi convidada pela ministra da cultura, Carolina Cerqueira, para ser a rainha do Carnaval, edição de 2018. A diva da música vai desfilar num carro alegórico e não fará parte de algum grupo carnavalesco. Diferente das edições anteriores, o Carnaval de 2018 trará novidade: algumas províncias também vão participar da festa com grupos pequenos, pois o Ministério da Cultura pretende tornar a festa mais animada e Yola Semedo será a portadora da coroa;

DJ KAPIRO

Após ter sido elogiado pelo cantor americano Pharrell Williams por conta do grande trabalho que tem feito, o conceituado produtor de vários estilos musicais e DJ, Kapiro, fez o remix da música “Gods”, do conhecido cantor americano Maxwel, uma versão que foi apresentada Numa performance ao vivo nos BET Awards, maior evento de premiação dos artistas afro-americanos;

ANGOLA MUSIC AWARDS

Os Angola Music Awards (AMA) 2017 premiaram, no mês de Junho, o trabalho dos melhores artistas angolanos, naquela que se destaca como uma das galas culturais mais importante do país. Com o objectivo de valorizar a música de Angola, assim como a homenagem aos seus criadores e intérpretes, os AMA tiveram lugar no Pavilhão Multiusos do Kilamba, em Luanda.

Com um número avultado de indicações (23), a cantora Ary venceu este ano os prémios de Melhor Artista em Palco, assim como o de Melhor Música Tradicional com o tema “Papá Fugiu”, em colaboração com Baló Januário. Outro duplo galardoado, foi o cantor CEF, que ganhou os prémios de Melhor Artista Masculino e Melhor Música Moderna (Kizomba) com o tema “Atrofiar”.

A verdadeira e grande vencedora da noite foi Edmázia Mayembe, que voltou para casa com três estatuetas, as de Melhor Artista Feminina, Melhor Kizomba com “Alma Nua” e o Prémio World Music, referente ao mesmo tema.

Com a conquista dos votos dos internautas, o grupo TRX ganhou o prémio Melhor Artista de Internet, seguindo-se o prémio Artista Digital Altafonte, entregue ao cantor Preto Show. Dji Tafinha foi considerado Melhor ProdutorMelhor Grupo do Ano o Força Suprema e Melhor Álbum do Ano Paulo Flores com “Bolo de Aniversário”.

Passando aos vários géneros musicais, com o Melhor Afro House “Pé no Ar”, ganho pelo grupo Trio; Melhor Rock “Espaço Vazio”, atribuído ao Black Soul;Melhor Semba “Carolina”, por Mago de Sousa; Melhor Kuduro “Mão na Cabeça”, ganho pelo The Twins; Melhor R&B/Soul para o cantor Anselmo Ralph, com “Casa Comigo”; Melhor Rap/HipHop para o Força Suprema ft. Deezy com o tema “Serias Tu” – que ganhou também o prémio de Música Mais Popular do Ano, e Melhor Gospel “Dupla Honra”, ganho por Bambila.

O prémio de Melhor Videoclipe foi atribuído à música “Não Há”, de Bruna Tatiana, e a Melhor Colaboração ao dueto de Lil Saint com Puto Português “Fala Só”. Por fim, destacaram-se dois grandes prémios: o de Homenagem à Carreira, entregue ao veterano Eduardo Paím e o prémio Mérito Internacional recebido por C4 Pedro.

Angola music awards SURGIMENTO DA CLÉ

Depois de em 2016 surgir a Step Music, que apresentou vários artistas para o seu portfólio, em 2017 surgiu a Clé, uma empresa de direito angolano, situada em Luanda – Angola, que tem como foco o entretenimento em 360 graus, prestando os serviços de agenciamento, shows, carreiras, marcas e outros serviços.  A Clé Entertainment actualmente tem no seu portfólio de artistas os cantores Preto Show, Filho do Zua, Edmázia e DJ Leandro 300 e realizou em Julho um coquetel de apresentação da marca, dos artistas   e dos seus objectivos para o futuro, numa cerimónia em que estiveram presentes diversas figuras públicas.

Após cessarem um confronto que se estendeu durante anos, Dji Tafinha e Kid MC decidiram unir forças para dar vida ao álbum “Confronto de Titãs”, que foi lançado digitalmente e que teve direito a concerto no Cine Atlântico com vários com convidados.

LANÇAMENTOS DE CD 

Apesar do momento em que o país está a viver a música angolana não ficou parada. Mesmo com um rendimento baixo e a desvalorização do Kwanza, os artistas não decepcionaram os seus fãs e admiradores, prova disso é que alguns artistas fizeram lançamento da sua obra discográfica, a saber:

Nagrelha – “Arquitecto da Paz”;

Nerú Americano – “O Adoço”;

Eva Rap Diva – “Eva”;

CEF – “Cartel D´Amor”

Cage One – “Mais Do Que Um Rapper”;

Cristo – “Palavra”;

DJ Dias Rodrigues – “Pikante Vol 6”;

P Zebooy e Kelson Mário – “A Dupla”;

Zona 5 – “Libertuz”;

Paulo Flores – “Bolo de Aniversário” e “Candongueiro Voador”;

Euclides da Lomba – “País Que Venero”;

Ângela Ferrão – “Yi Yami”;

Preto Show – “Panamera”;

Dji Tafinha e Kid MC – “Confronto de Titãs”;

Lil Saint- “New Day”;

Young Double- Conquistador;

Kyakyu KYadaffi-  “Igual ao Prazer”;

Filho do Zua- “Tudo ou Nada”.

Kelly Silva viraliza na Internet com “5 minutos”

O canal de humor Quitutinci TV, que produz conteúdos para a plataforma Youtube, usou cenas do vídeo da música “Atrevida”, do cantor Kelly Silva, para criar uma sátira. No vídeo, Kelly protagoniza cenas picantes e até apresenta um striptease, o que deu lugar à música 5 minutos, que simplesmente viralizou.

Com este vídeo, Kelly Silva tornou-se o músico angolano mais exposto daquele momento, atraindo olhares no meio de elogios e críticas. O que levou muitos baptizá-lo por Kelly Sexy, o sedutor e chegou mesmo a ser comparado com Christian Grey, do “Cinquenta Sombras de Grey”;

Neide Sofia pede para sair do grupo Afrikanas por três meses e colegas do grupo dão o ultimato

Em 2017, Angola viu novamente Neide Sofia a tirar o pé da girls band Afrikanas. A cantora Neide Sofia soltou uma “bomba” inesperada para as restantes integrantes do grupo Afrikanas, revelando que pretendia ausentar-se da girls band durante um período de três meses por motivos familiares, informação dada em exclusivo ao Zap News, no programa emitido na terça-feira, dia 11 de Julho. Para Cilana, Jandira, Serafina e Cleide, a saída era prematura e não respeitava a decisão do grupo em aceitá-la de volta em pouco tempo, depois de alguns meses do seu polémico afastamento.

Para Cilana, era compreensível a atitude de Neide Sofia em querer afastar-se por um período de três meses, porém deixou um aviso: caso ela saísse, já não encontraria o seu lugar disponível, pois por uma questão de estratégia, marketing e respeito aos fãs, teriam de dar uma satisfação plausível sobre a sua ausência; logo, Neide teria que se definir para não confundir os fiéis seguidores do grupo, que ficariam sem perceber se é composto por quatro ou por cinco integrantes;

 Força Suprema responde ao projecto X com o EP Caveira

 Em 2017 surgiu um projecto formado por membros dos Kalibrados e Membros da Army Squad. Juntos formaram o Projecto X e, depois de lançarem as músicas “Projecto X” e “Avisa Que Tamo Back” com linhas quentes para todo o Força Suprema e Dope Boyz, os amantes do Hip Hop questionavam-se se o Força Suprema responderá quando e como e a resposta veio quando todos menos esperavam e, em jeito de funeral e dentro de uma Urna, extraído do EP Caveira. Vui Vui, Sandocan, Khadaff e Mankilla.(ou melhor, Mankilla foi poupado) foram massacrados durante quase dois minutos pelo rapper NGA, líder do grupo, com versos quentes, que deixou 1.399,683 internautas chocados. A briga subiu de tom, surgiu ameaças de todos os cantos e a Lenda Big Nelo, CEO da B26, editora da qual faz parte o Projecto X,  tratou de acalmar o clima, ao dizer que nada iria passar da música;

lookstomadaposse-33 lookstomadaposse-25 lookstomadaposse-31

ELEIÇÃO DE JOÃO LOURENÇO E SUA TOMADA DE POSSE

E o Platinaline não podia terminar a sua retrospectiva sem falar da mudança histórica que o país teve em 2017 e, para isso, abriu uma excepção. Depois de 37 anos de José Eduardo dos Santos no poder, Angola viu finalmente a passagem de testemunho de um novo Presidente, João Lourenço, que depois ficou conhecido como exonerador implacável tomou posse no dia 26 de Setembro, torando-se, assim, o terceiro presidente da República e nós, Platinaline tivemos a honra de transmitir para ao mundo todo o evento, com uma mega cobertura.

JLO surpreendeu o país por nomear um jovem muito conhecido na área do entretenimento, o DJ Leandro 300, para o cargo de Vice-governador para área social da província da Lunda Norte.

Platinados, chegamos ao fim de mais uma retrospectiva e nós, Platinaline, aguardamos com bastante ansiedade o ano de 2018, na esperança de que ele traga novos desafios, boa música e mais novidades relacionadas com as celebridades nacionais, e, no final desse ano proporcionaremos a todos os Platinados ainda mais notícias em retrospectiva em não só.

“Um Kandando a Todos e Feliz 2018!”.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments