Tragédia: Pai enforca filhos e em seguida suicida-se, em Benguela

0
163

Duas crianças, de quatro e um ano de idade, respectivamente, foram mortas, no domingo (6), por enforcamento, supostamente pelo próprio pai, que de seguida suicidou-se, na aldeia do Upindi, município do Chongoroi, província de Benguela, informou hoje, segunda-feira, fonte policial.

Segundo o porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional em Benguela, inspector-chefe Ernesto Chiwale, o duplo homicídio terá ocorrido num matagal, depois do suposto homicida, de 23 anos de idade, ter se desentendido com a mulher.

“Segundo pessoas próximas ao casal, estavam separados há cerca de 30 dias”, disse.

Decorrem diligências periciais no domínio da criminalística e da medicina legal para se apurarem os factos.

Ernesto Chiwale informou que no mesmo período foram registados 52 crimes diversos, mais seis em relação ao período anterior, dos quais foram esclarecidos 23 e detidas 20 pessoas. Desses, 33 crimes foram contra património e 16 contra pessoas.

O inspector-chefe apontou os municípios de Benguela, Lobito, Catumbela, Balombo e Bocoio como os que mais registaram crimes.

Destacou, também, o papel da população na denúncia de 29 crimes.

Neste período, foram ainda apreendidas uma arma de fogo do tipo AKM, duas motorizadas, uma botija de gás de 12 kg, uma TV Plasma e outros bem diversos.

Ernesto Chiwale disse que no capítulo da sinistralidade rodoviária foram registados 10 acidentes, que resultaram em quatro mortos e 13 feridos, por atropelamento, colisão entre ciclomotor, choque contra obstáculo fixo, despiste, dentre outros.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments