Verónica Lii pretende internacionalizar carreira musical começando por Angola e Guiné-Bissau

0
63
Por: Arieth Silva
A cantora e compositora luso-cabo-verdiana Vera Patrícia Andrade Borges Semedo, que adoptou o nome artístico Verónica Lii, disse que pretende expandir a sua carreira pelos PALOP começando por Angola e Guiné-Bissau.
Ao PLATINALINE, Verónica Lii contou que pretende que o seu nome chegue a nível mundial, mas primeiramente nos países que se sente mais familiarizada, tal como Angola, tendo enunciado nome dos artistas angolanos que admira.
“Angola é um deles pois desde jovem ouço muita rádio e sempre ouvi músicas dos PALOP, por isso não tem como não ser influenciada também por artistas angolanos como Ana Joyce, Anselmo Ralph, Matias Damásio, As Gingas, Filho do Zua ,Cef , Don Kikas, são artistas que admiro muito. A nível da Guiné-Bissau vibro muito com os Tabanka Jazz”, disse.
Frisar que, Verónica Lii é autora de sucessos tais como: “Perder Juízo”, “Escolha Errada “, “Apesar de Tudo” e “Vida Estável”.
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments