5ª Gala Estrelas ao Palcos marcada por Equilíbrio e mais uma dupla eliminação

0
391

A quinta gala Estrelas ao Palco aconteceu na noite do passado sábado, 27 de Fevereiro. Dez concorrentes subiram ao palco e mostraram a razão porque são chamados vencedores. Todos eles voltaram à primeira forma. Ou seja, imitaram os mesmos músicos que os notabilizaram nas edições em que participaram.

Transmitida em directo para todo o país pelo ZAP Viva, a quinta batalha de talentos veio confirmar o crescimento dos candidatos. De facto, o Estrelas ao Palco assume o papel não apenas de um mero concurso de televisão, mas também o de uma escola para os candidatos! Assim se justifica o crescimento qualitativo de todos os candidatos.  Cada gala é um nível vencido!

O evento começou cheio de força, com Adriano Tchitaculuma a interpretar “All Rigth”, de Pharrell Williams. Adriano, de 24 anos, foi aplaudido em pé pelo jurado, sinal de que a sua actuação foi irrepreensível. Também em bom nível esteve a segunda candidata da noite, a benguelense Ana Jorge. Ela também foi aplaudida em pé pelos quatro jurados após a imitação de “Hello” de Adele. Titica, que no episódio passado havia salvo Ana, foi de opinião: “Valeu a pena tê-la salvo; ela esteve muito mais à vontade e confiante, sem esquecer ada excelente colocação vocal”, referiu, orgulhosa.

Florêncio Handanga voltou a ser Justino Handanga, desta vez com a canção “Ufeko Ndissole”. Seguiu-se Abraão Baptista, que voltou a encarnar o músico italiano Eduardo Decapua com a canção “Sole Mio”.  “É de arrepiar, o nível dos concorrentes, até parece uma primeira gala em que todos querem dar o seu melhor”, considerou Anselmo Ralph.

Alice Júlio, ou se preferirem a Rihanna, cantou “Man Down”. Esteve bem e, por isso, conquistou muitos votos do público. Seguidamente, tivemos Márcia Geraldo, a imitadora de Shakira, que se apresentou com a música “Me Enamore”. “Ela está no Mundo dela; vê-se que gosta de ser esta artista, por isso esteve tão bem”, avaliou Yola Semedo. “Ela gosta de Palco”, acrescentou Anselmo Ralph.

Moisés Longo foi Warren com a música “A la folie”, seguido por Abias Cativa que dançou tchianda ao som da música “Celebração” de Gabriel Tchiema.

Naquela que parece ter sido uma das actuações mais emotivas do evento, Marcos Txitoco brilhou com a canção “Mamam” de Gatho Beevans. Emocionado, o jovem da Lunda-Norte esteve aos prantos durante a sua actuação, que teve o jurado Cage One permanentemente em pé, como que rendido ao talento do jovem candidato. “Obrigado Txitoco”, agradeceu o rapper.

A última música imitada foi “Mama i´m sorry”, da sul-africana Brenda Fassie. A actuação foi protagonizada pela representante da Huíla Paciência Bernardo, que encerrando a sessão de performances do quinto episódio do maior concurso de imitação de Angola.

Após o apuramento, as votações ditaram a eliminação dos candidatos Abias Cativa e Florêncio Handanga.  O concurso continua no próximo sábado, 6 de Março com oito concorrentes que prometem voltar ainda mais fortes.

Com a quinta gala, o Estrelas ao Palco Vencedores atingiu a metade do percurso. Faltam precisamente mais cinco galas, para que Angola conheça a nova revelação da música angolana.

O vencedor do concurso será aquele que receber a maior quantidade de votos, que podem ser feitos por telefone ou através do site www.estrelasaopalco.co.ao.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments