Novas disputas, a mesma intensidade

A temporada 2021 da Fórmula 1 está ainda no início e já promete grandes emoções. Com novas equipas, novas disputas, mas com a mesma intensidade e valor de aceleração que os motores sempre nos habituaram.

A corrida de abertura da temporada, no Bahrein, no mês passado, vimos Lewis Hamilton começar a defesa do campeonato com uma vitória impressionante. O piloto da Mercedes resistiu a um forte desafio de Max Verstappen da Red Bull (que terminou em segundo, com Valtteri Bottas de Merc em terceiro) para pegar a bandeira xadrez e preparar o que esperamos que venha a ser uma disputa a dois.

Hamilton, que busca um record com o oitavo título mundial e espera registrar a sua centésima vitória ao longo desta temporada, acredita que a Red Bull tem actualmente o pacote mais rápido e pode ser ainda mais rápida no fim-de-semana, no Emilia Romagna.

Acho que é [uma luta entre ele e Verstappen] algo que todos os fãs desejam há muito tempo”, explicou Hamilton. “Claro, esta é apenas uma corrida, então não sabemos o que o futuro reserva em termos de [como a temporada vai se desenrolar].”

Com o ritmo que eles têm, eles poderiam estar muito mais à frente, mas vamos trabalhar o máximo que pudermos para tentar ficar firmes nesta batalha. Espero por muito mais corridas desse tipo com Max e Valtteri [Bottas], há um longo caminho a percorrer. 22 [corridas] – Vou ficar grisalho no final disso!

Mais abaixo na hierarquia, Lando Norris fez um óptimo quarto lugar na McLaren, Sérgio Perez, da Red Bull, usou toda a sua inteligência e experiência para evitar uma má classificação e um péssimo início de corrida, saindo do último lugar e reivindicar o quinto. Enquanto isso, os Ferraris de Charles Leclerc e Carlos Sainz Jr. também mostraram que melhoraram dramaticamente em relação à temporada passada.

Sainz é um recém-chegado à Ferrari, mas o ex-campeão mundial Jenson Button espera que o espanhol diminua a distância entre ele e Leclerc em pouco tempo: “Acho que Carlos vai se aproximar de Leclerc muito em breve“, explicou o inglês.

Falei com os engenheiros da McLaren e eles me disseram que o piloto espanhol é basicamente um engenheiro. Ele tem uma abordagem muito inteligente e trabalha em estreita colaboração com a equipa durante muitas horas. Isso é óptimo, é claro, porque ele não deixa que as suas emoções o dominem quando se trata de obter o máximo desempenho do SF21. Ele não exagera quando dirige e vimos isso ao longo do fim de semana no Bahrain. Ele é um óptimo corredor e a Ferrari pode se orgulhar de ter um óptimo par de pilotos.

A cobertura total da temporada 2021 da Fórmula 1 é para acompanhar em exclusivo na DStv, nos canais SuperSport.

Para mais informações: www.dstvafrica.com/pt

Detalhes da transmissão do Grande Prêmio da Emilia Romagna

Sábado, 17 de abril

13:55: Qualificação – SuperSport Motorsport e SuperSport Maximo 2

Domingo 18 de abril

15:55: Corrida – SuperSport Motorsport e SuperSport Maximo 2