- Publicidade -

More

    Actor Hoji Fortuna brilha no mundo

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

     

    O actor angolano Hoji Fortuna foi ontem distinguido como o Melhor Actor Secundário (Best Actor in Supporting Role) nos prémios da Academia Africana de Cinema (AMAA), a versão africana dos Óscares de Hollywood.
    O actor angolano, presentemente a residir em Nova Iorque, sagrou-se vencedor do prémio pela sua extraordinária prestação em “Viva Riva!”, um filme do realizador congolês Djo Munga, em exibição nos cinemas de todo o mundo, a partir de Maio.


    É a primeira vez que um actor angolano é nomeado para aqueles prestigiados prémios, que este ano foram entregues pela sétima vez.


    Hoji Fortuna começou a carreira artística em Portugal com a participação no reality show “O Bar da TV” do qual foi vencedor, tendo então sido o primeiro angolano a ganhar um concurso de popularidade televisiva naquele país e a encetar com essa vitória uma trajectória que tem enchido de orgulho todos os angolanos e transportado o nome de Angola para o topo da hierarquia artística internacional.


    O actor confessou ao Jornal de Angola ter sido “uma surpresa a nomeação para aqueles prémios e uma surpresa ainda maior ter vencido. É certamente uma honra para mim poder ostentar o galardão de melhor actor africano e colocar o nome de Angola nos registos cinematográficos africanos”.

     


    A cerimónia de entrega dos prémios teve lugar em Bayelsa, Nigeria, no dia 27 de Março, e Hoji Fortuna confessa ter pena de não ter podido atender à cerimónia.

     


    “Agradeço à Academia Africana de Cinema a confiança e reconhecimento que depositou no meu trabalho ao atribuir-me este prémio, a todos os fãs que têm acompanhado e suportado o desafiador trajecto que tem sido a minha carreira, à minha família pela confiança e apoio incondicionais, aos meus pais que já não convivem com os vivos, mas que tenho a certeza têm sido os guardiões da jornada que tenho estado a trilhar, ao director Djo Munga pela oportunidade de expressar a minha vocação e a todos os amigos que de várias maneiras têm alimentado a minha determinação nesse trajecto”, afirma o actor. Questionado sobre se estaria em Angola em breve para celebrar o prémio e partilhar esse momento único com os compatriotas angolanos, o actor afirma que é uma possibilidade: “Gostaria, sem dúvida, de estar em Angola em breve e celebrar esse prémio, mas tal dependerá das condições logísticas existentes e da existência ou não de compromissos laborais.

     


    Sem dúvida que estou aberto à ideia e seria uma honra partilhar esse prémio com todos os angolanos.” Estamos todos a torcer para que a carreira desse actor angolano que tem o nome de uma personagem revolucionária da nossa história (Hoji Ya Henda), continue a surpreender-nos com os resultados de excelência que nos têm orgulhado.

     

    Fonte: JA

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Ampliação e melhoria dos serviços obrigam transferência da Administração do Kilamba para K.K. 5000

    A partir do dia 22 do mês em curso, a Administração do Distrito Urbano do Kilamba irá transferir os seus serviços para o antigo...

    Telma Lee diz que os momentos mais difíceis da carreira foram quando se envolveu em polémicas: “Várias vezes pensei em desistir”

    Durante uma entrevista feita no programa Dia Alegre, da PLATINA FM (96.8), na manhã desta Quarta-feira (17), a cantora angolana Telma Lee disse...

    Anderson Mário conta que no início da carreira alguns familiares cogitaram que usaria feitiço para ter sucesso

    Por: Nunes Hebo Na nossa sociedade, são muitos os registos de se associar o sucesso, sobretudo, artístico, a práticas de feitiçaria. Quem diz passar...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto