- Publicidade -

More

    Advogado de Zara Williams diz que C4 Pedro não tem fundamento legal para exigir indemnização: “É um contrato nulo”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Após C4 Pedro ter dito que deve ser indemnizado pelo investimento que a produtora BLS fez à Zara Williams, o representante jurídico da cantora cedeu uma entrevista exclusiva ao PLATINALINE e esclareceu que o King não tem qualquer tipo de fundamento legal para exigir indemnização, justificando que se trata de um contrato nulo.

    Dr. Nelson Prata referiu que Zara Williams e a BLS de C4 Pedro estão vinculados por um contrato de exploração e não de “agenciamento”. No entanto, têm estado a recorrer atrás da anulação do contrato celebrado, justificando que por se tratar de um contrato nulo não produz qualquer tipo de efeito.

    “Ainda que assim não fosse, o Senhor C4 Pedro ou a BLS não nenhum fundamento do ponto de vista legal para exigir qualquer tipo de compensação financeira porque só seria possível se porventura nós tivéssemos diante de uma violação ou incumprimento de contrato. Mas este contrato é nulo porque existe um princípio que é fundamental nos contratos dessa natureza que é o princípio de equilíbrio económico das partes. Não é um contrato de agenciamento mas sim de exploração”, explicou.

    O advogado de Zara Williams, Nelson Prata, preferiu parar por aí e não avançar com a divulgação de mais fundamentos porque serão apresentados em tribunal.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto