Texto: Stella Cortêz

Fotos: Edueni António

Com o intuito de expor novos desafios e programas a serem implementados ao longo de 2021 no mercado angolano, Sahair Berry, CEO da marca FRIONE, fábrica de telemóveis, tablets, computadores portáteis entre outros acessórios electrónicos, realizou ontem (18), um diálogo aberto e esclarecedor com vários profissionais da classe jornalística local.

Durante o certame que decorreu numa das salas do hotel Epic Sana, o responsável fez saber que um dos objectivos da AFRIONE consiste em potenciar o desenvolvimento tecnológico, garantir produtos acessíveis, inteligentes e de elevada qualidade, de igual modo contribuir para a capacitação financeira com o fomento de pagamento por via electrónica, bem como habilitar a força motriz angolana.

“Para o mercado angolano, comprometemo-nos a produzir os produtos localmente, queremos estar cada vez mais perto do nosso público e responder às suas necessidades, sempre de forma eficiente e eficaz. Desejamos passar conhecimento às pessoas, nesta fase temos cinquenta postos de trabalho directos, porém, no futuro, pretendemos colocar trezentos postos de empregos”, assegurou.

O CEO sublinhou que “apesar de carregar a missão de democratizar o acesso às tecnologias de informação, a fábrica situada na Zona Económica Especial do km 30, em Viana, ainda não está a produzir, porém, num futuro não muito distante, faremos a produção de Laptops, tablets e televisores.”

“Estamos a pensar em investir no sector agrícola e financeiro, e, de igual modo, criar laboratórios de inovação onde as pessoas poderão capacitar-se e sair com certificado de reconhecimento.”