Angola ganha importante prémio na Holanda

0
229


Angola venceu esta semana em Ultricht (Holanda) um projeto de Gabela (Angola), que visa a produção de cafe de primeira qualidade ganhou o prémio incubator, de 15 mil usd, para cooperativa de cafe de Gabela.

O projeto vencedor entre 30 de toda a África visa a produção ecológica de um dos mais puros e saborosos cafés do mundo, gerar centenas de empregos para além dos atuais, e com o valor do premio, a Cooperativa pode montar um laboratório de qualidade.

Dos 30 projetos concorrentes passaram a final 5, do Senegal, Gabao, Nigeria, Gana e Angola. Durante a apresentação dos 5 finalistas, Angola foi o projeto que recebeu mais aplausos.

No discurso de agradecimento o vencedor, Sr. Anastácio Goncalves disse que  ‘a imagem de angola melhorou, quer pela qualidade da comitiva, quer dos projetos apresentados a financiamento internacional’, dedicando ainda o prémio a todos os empresários angolanos que lutam pelo emprego dos outros e a outros angolanos que tinham tentado ganhar este prémio em edições anteriores do fórum.

Afif 2012. O África finance e investment forum realiza-se de 2 em 2 ou 3 em 3 anos, com bancos e financiadores de todo o mundo, presentes para apoiar projetos de toda a África.  Empresas e organismos de todo o Continente Africano (este ano quase 200 da maior parte dos países africanos) concorrem a financiamentos.

O tema principal deste ano foram as cooperativas agrícolas, por ser o ano internacional das cooperativas.

A Comitiva de Angola envolve varias empresas privadas, os bancos Sol (rep. pelo presidente Coutinho), Bpc, Atlântico e por instituições publicas, como Ministerio do Interior, do Ambiente e outros. Esteve ainda presente o Consul Geral de Angola na Holanda Clemente Camenha.

A destacar ainda a apresentação de um novo hotel ecológico do Waco Kungo (wk hotels) e do projeto de colocação da população prisional angolana na execução de tarefas agrícolas e industriais, através de formação intensiva e consequente reabilitação.

O banco Sol através do seu presidente apresentou as medidas no âmbito do micro-credito que visam a criação de empresas sobretudo por jovens e mulheres.

A Comitiva de Angola foi coordenada pela Aia – Associação Industrial de Angola (representada por J. Severino que não se pode deslocar a Holanda por razões de doença de um familiar)  em parceria com a consultora internacional Casbi por mim representada. A consultora Casbi representa em angola o CDE (agencia da uniao europeia com sede em bruxelas que apoia empresas privadas nos países acp (
www.cde.int <http://www.cde.int> ), agilizando a relação entre empresas africanas e os bancos e organismos da Uniao Europeia, nomeadamente tem relação privilegiada com a organização do forum.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui