- Publicidade -

More

    Angola regista escassez de preservativos e preocupa organizações de combate ao SIDA

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Por: Arieth Silva

    O Director executivo da rede angolana de organizações de serviços de SIDA (ANASO), Francisco Simões, esteve em entrevista à TV Zimbo, onde demonstrou estar preocupado com a escassez de material de combate ao HIV-SIDA, preservativos e os medicamentos para tratamento da doença, anti-retrovirais.

    Francisco Simões começou por dizer que apesar das limitações, a ANASO, junto dos orgãos afins, têm feito de tudo no sentido de solucionar esta inquietação.

    “Não vamos dizer que há uma ruptura como tal, mas há muitas limitações. Do mesmo jeito que estamos a identificar escassez de preservativos, e materiais informativos e educativos, isso vai limitar a própria acção das organizações da sociedade civil que interagem com a comunidade”, disse Francisco Simões.

    Na ocasião, o responsável da organização frisou que Angola está com uma taxa de 350 mil pessoas com VIH, onde a maioria está em Luanda, que apresenta aproximadamente 160 mil pessoas vivendo a situação, onde também 40 % estão em tratamento com anti-retrovirais.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Figuras públicas mostram-se tristes pela não convocação de Bastos Kissanga nos jogos contra Eswatini e Camarões

    Depois de conhecida a lista final de convocados do técnico Pedro Gonçalves para os próximos jogos de qualificação ao Campeonato do Mundo 2026, a...

    Santo Cézar Revela Renda Mensal de Fotógrafo Profissional: “Um Milhão por Mês”

    Por: Liliana Victor Durante o programa Dia Alegre na Platina FM, o fotógrafo Santo Cézar compartilhou detalhes sobre a realidade da fotografia em Angola, revelando...

    Malunne revela interesse amoroso por um artista da nova geração: “A pessoa sabe, falamos com frequência”

    Por: Sara Rodrigues Ao que tudo indica, a menina cresceu e está de olhos em um músico da nova geração. Sem muitos detalhes adicionais, a mais...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Visit arnan.me

    Mais como isto