- Publicidade -

More

    Aos 15 anos de carreira C4 Pedro relembra resistência do público em aceitar suas músicas

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    “Podia cruzar com mil pessoas que poderiam não gostar das minhas músicas mas eu tinha a certeza que estavam boas”

    Por: Hélio Cristóvão

    Aos 15 anos de carreira musical, Pedro Henriques Lisboa Santos ou simplesmente C4 Pedro, relembrou o seu início de carreira em entrevista ao PLATINALINE, destacando a resistência do público angolano em aceitar a sua forma diferente de cantar, em relação a dos seus colegas de trabalho.

    O artista que lançou a sua primeira música em 2001, tendo em 2007 lançado o primeiro álbum “Lágrimas” ,descreve que na altura, a aceitação do público angolano às suas músicas foi muito difícil, por ser diferente. “A minha música era muito diferente e acredito que continua sendo mas era muito mais diferente dos outros colegas, isso foi um choque térmico para os ouvidos do público angolano.”

    Apesar da resistência do público, “King Ckwá” sublinhou que nunca pensou em mudar a sua forma de fazer música pois sempre esteve convicto de que daria certo.

    “Nunca duvidei de mim, nunca pensei em desistir, nem mudar a forma de cantar porque quem começa a gravar em 2001 e só lança músicas em 2007 teve tempo de saber exactamente o que ele é, trabalhar duro e preparar-se. Quando eu lancei as minhas músicas eu estava convicto, tinha a certeza absoluta, podia cruzar com mil pessoas que poderiam não gostar das minhas músicas mas eu tinha a certeza que estavam boas”

    Hoje em dia, depois de 15 anos, C4 Pedro diz ser sinónimo de resiliência, perseverança e amor pelo seu trabalho. “Eu digo: a música não é minha vaidade, é minha verdade. Eu sou música”, concluiu.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra” reconhece 28 profissionais em diferentes áreas de actuação

    Os Prémios “Tigra Nova Garra” já fazem parte da agenda dos grandes eventos anuais que reconhecem talento, criatividade, esforço e compromisso social dos jovens...

    “Delero King cobra Taxa de 1 Milhão de Kz por Participação Musical”

    Na terça-feira, (23), teve lugar em Luanda a conferência de imprensa para anunciar os vencedores da 4ª edição dos “Prémios Tigra Nova Garra”, uma...

    Miguel Neto declara que denominação “música folclórica” é pejorativa para Angola e defende o termo “tradicional”

    O jornalista angolano Miguel Neto declarou, nesta Segunda-feira (22), durante a rubrica "Momento Cultural" do programa A Tarde é Nossa da TV Zimbo, que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto