Por: Hélio Cristóvão
Com “apenas” 24 anos de idade, o jovem angolano Eduardo Gaspar Miranda, licenciado em Administração Pública, no Zimbábue, pela África University, mestre em Ciências Empresariais, pelo Instituto Politécnico de Setúbal (Portugal), com base nas suas experiências e competências profissionais, foi seleccionado para integrar a área de serviços e administração da “Visteon”, empresa internacional líder em tecnologia electrónica auto motiva.

“A Visteon é uma empresa Multinacional, logo, tem os melhores profissionais que não deixariam de me receber de forma profissional. Para mim, é uma grande honra integrar a esta equipe, pois, tem sido mais um acréscimo às minhas habilidades”, contou o jovem em entrevista ao PLATINALINE.

Aos 18 anos de idade, enquanto estudava, Eduardo conta que nos tempos de férias viajava para África do Sul e comprava roupas de marca para revender em Angola. “Aos meus 21 anos de idade, ainda no Zimbábue, comprei a minha primeira viatura e passei para alguém que prestaria serviços a uma empresa criada por mim, Ednael táxi services, o negócio não foi dos melhores, contudo ficou o know how nessa área de negócios.”

“Sinto que devo passar esse testemunho porque onde passo, tenho sempre em mente a responsabilidade como angolano e como jovem, pela carreira profissional que já tive até agora.”

Há nove anos fora de Angola, longe da família, o administrativo diz sentir falta dos pais e irmãos, no entanto, todo o sacrifício tem sido por si próprio e por eles também. “Sei que devo fazer o melhor por eles e para eles, tudo porque sempre estiveram aí para mim e fazem parte de todas as minhas conquistas. Cresci num meio cristão, logo, acreditamos na Bíblia, pois ela nos diz que para DEUS, nada é impossível, portanto, tudo aquilo que venho conquistando é principalmente porque tenho DEUS no centro da minha vida, e ele tem aberto as melhores oportunidades para mim.” Concluiu.