Artistas PALOP ausentes da lista dos cantores mais ricos de África

1
1506
Apesar do sucesso que os cantores pertencentes aos países PALOP, especificamente angolanos fazem, nenhum nome de referência nacional faz parte da lista dos artistas mais ricos no continente africano, segundo o site Statista.
A lista dos artistas mais ricos de África, para o ano de 2021, conta com nomes totalmente importantes e conhecidos dentro do sector cultural africano. Mas que, entretanto, é marcada pela ausência de nomes do PALOP. A lista é composta maioritariamente por nomes da Nigéria, sendo que o restante é proveniente do Senegal e África do Sul.
A lista é comandada por Youssou N´Dour (Senegal), com um património líquido de 145 milhões de dólares, depois seguem nomes como Akon (Senegal, 80 milhões de dólares), Black Coffe (África do Sul, 60 milhões de dólares), Don Jazzy (Nigéria, 30 milhões de dólares), Wizkid (Nigéria, 20 milhões de dólares), Rudeboy (Nigéria, 16,1 milhões de dólares), Davido (Nigéria, 16 milhões de dólares), Mr. P (Nigéria, 15,2 milhões de dólares), 2Face Idibia (Nigéria 15 milhões de dólares), e D´Banj (Nigéria) com 11 milhões de dólares).
E então, Platinado! Por que será que nenhum cantor angolano faz parte desta lista? Será por não serem artistas “internacionais”?
Por: Sérgio Flávio
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nickson Luís Mendes
7 meses atrás

Porquê