“As paredes estão lá, mas o resto é por vossa conta”, comunica Dr. Jeremias Agostinho

0
371

Num momento em que os médicos em greve exteriorizam o seu descontentamento por serem impedidos de terem acesso ao interior das unidades hospitalares onde exercem as tarefas ínfimas, Jeremias Agostinho, especialista em Saúde Pública, apelou às pessoas por intermédio do Facebook para que, além dos produtos e medicamentos, devem levar igualmente um médico.

 

“Passei apenas para avisar que, além de levar seringas, medicamentos, luvas e soros, lembrem-se de levar também um médico. É que, actualmente, faltam médicos nos Hospitais. As paredes estão lá, mas o resto é por vossa conta”, informou.

 

De acordo a Lusa, a denúncia foi apresentada nesta terça-feira, pelo presidente do Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (Sinmea), Adriano Manuel, afirmando que as direcções dos hospitais estão a inviabilizar a entrada dos médicos grevistas, alegando orientações do Ministério da Saúde.

“Violando grandemente a lei da greve e nós achamos ser uma conduta que não abona em nada o processo negocial, porquanto a lei é clara e enquanto estivermos em greve podemos ter acesso às instalações onde prestamos serviços”, disse Adriano Manuel.

 

“Se não entrarmos nas instalações, quem vai garantir os serviços mínimos? Nós continuamos a garantir os serviços mínimos, nomeadamente de hemodiálise, cuidados intensivos, urgências, cirurgias de urgências, serviços de neonatologia e não achamos esta atitude correta”, salientou.

 

Os médicos angolanos estão em greve desde 21 de março passado, após três meses de suspensão, reclamando o “incumprimento dos acordos assinados” com as autoridades para a melhoria das condições de trabalho, aumento salarial, pagamento de subsídios, segurança e outros.

 

O Governo angolano anunciou, em 30 de março passado, que vai suspender os salários dos médicos grevistas porque “cumpriu com os pontos do caderno reivindicativo” e não vai cruzar os braços porque “meia dúzia de médicos” entendeu paralisar há quase duas semanas.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments