- Publicidade -

More

    Assinatura do memorando de entendimento sobre o desenvolvimento do corredor do Lobito e da Linha Ferroviária Zâmbia-Lobito 

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O Banco Africano de Desenvolvimento e a Africa Finance Corporation (AFC) juntam-se aos Estados Unidos e à União Europeia para apoiar Angola, a República Democrática do Congo e a Zâmbia no desenvolvimento do Corredor do Lobito e da nova linha ferroviária Zâmbia-Lobito, através da assinatura de um Memorando de Entendimento (MoU) de sete partes, à margem do Fórum Global Gateway em Bruxelas, Bélgica. 

    O Memorando de Entendimento define as intenções dos signatários de colaborar em múltiplos sectores para concretizar todo o potencial económico do Corredor, com base no acordo da Agência de Facilitação do Transporte de Trânsito do Corredor do Lobito, assinado pelos três governos africanos em janeiro e ancorado pelo investimento histórico previsto no desenvolvimento da linha ferroviária de raiz Zâmbia-Lobito. A nova linha ferroviária, que liga o noroeste da Zâmbia ao Caminho-de-Ferro Atlântico do Lobito e ao porto do Lobito, representa a infraestrutura de transportes mais significativa que os Estados Unidos ajudaram a desenvolver no continente africano numa geração e reforçará o comércio e o crescimento regionais, bem como fará avançar a visão partilhada de um caminho de ferro interligado e de livre acesso do Oceano Atlântico ao Oceano Índico. 

    Demonstrando a Parceria para as Infra-estruturas e o Investimento Globais (PGI) em ação e potenciando o capital ocidental e africano, esta infraestrutura estratégica de transportes desbloqueia o comércio regional e permite investimentos adicionais em conetividade digital, cadeias de valor agrícola, cadeias de abastecimento de energia verde e eletrificação de centros de saúde rurais, entre outros imperativos económicos transformadores. 

    Na assinatura, os Estados Unidos estiveram representados pelo Assistente Adjunto do Presidente para a Energia e o Investimento, Amos Hochstein, a União Europeia esteve representada pela Comissária para as Parcerias Internacionais, Jutta Urpilainen, Angola esteve representada pelo Ministro de Estado para a Coordenação Económica, José de Lima Massano, a República Democrática do Congo esteve representada pelo Primeiro-Ministro Jean-Michel Lukonde, a Zâmbia esteve representada pelo Ministro das Finanças e do Planeamento Nacional Situmbeko Musokotwane, o Banco Africano de Desenvolvimento esteve representado pelo Vice-Presidente Solomon Quaynor e a Africa Finance Corporation esteve representada pelo membro do Conselho de Administração e Diretor dos Serviços Financeiros Sanjeev Gupta. 

    Sendo uma iniciativa assinada pelo Presidente Biden, o PGI visa oferecer uma alternativa credível aos países de baixo e médio rendimento em todo o mundo para ajudar a satisfazer as suas necessidades de infra-estruturas. O desenvolvimento de um novo e significativo projeto de infra-estruturas de transportes em vários países, que siga os mais elevados padrões internacionais em matéria de trabalho, ambiente e qualidade, é a peça central do corredor de desenvolvimento económico emblemático do PGI. 

     Na sequência do Memorando de Entendimento, a AFC trabalhará com as partes para lançar os estudos de viabilidade e preparatórios necessários para preparar ainda mais este extenso projeto de infra-estruturas – um passo de ação concreto fundamental que deverá ter início antes do final do ano. 

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Banco Bic abre inscrições para o crescer juntos e homenageia empresas co-investidoras

    O Banco BIC abriu nesta segunda-feira, 17 de Junho, as inscrições deste ano para ONGs, Fundações e Associações que necessitam de recursos financeiros e...

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola

    Clénio & Clésio Gomes são os mais recentes acionistas do Luanda City, equipa recentemente promovida ao Girabola É com imenso prazer que anunciamos a nossa...

    Jornalista Dalila Prata destaca-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt (Alemanha)

    Por: Luizão Cabulo A jornalista angolana Dalila Prata destacou-se no 21º Fórum Meteoclimatic no Média Workshop em Darmstadt, Alemanha, representando Angola e a "TPA online"...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto