Avião de Marília Mendonça embateu em cabo e caiu a 2 km do destino

0
154

O avião que caiu no Brasil, arrastando para a morte a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas, embateu em cabos de alta tensão ao descer para a pista. Perigo já havia sido identificado por outros pilotos.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) admitiu, em comunicado, que o avião que transportava a cantora Marília Mendonça atingiu um cabo de uma torre de alta tensão antes de cair, arrastando para a morte cinco pessoas, entre as quais a cantora conhecida como a “rainha da sofrência”.

O avião, um bimotor “King Air”, da Beechccraft, caiu numa catarata a dois quilómetros da pista do aeródromo de Caratinga, segundo informação da Polícia Militar Mineira.
Pilotos que sobrevoaram a região de Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, no momento em que o avião caiu, relatam que a aeronave “rasgou” os fios de um poste de alta tensão nas imediações. De acordo com a Cemig, 35 mil pessoas ficaram sem energia elétrica na sequência do acidente.

Segundo o portal online do jornal “O Globo”, as autoridades aéreas da região já haviam recebido relatos de outros pilotos, em setembro e agosto, de que os cabos de alta tensão atrapalhavam a aterragem no aeródromo de Caratinga, no interior de Minas Gerais.

Uma testemunha disse às autoridades que o avião perdeu um dos motores ao colidir com os cabos de alta tensão. Apesar de te dois motores, a aeronave perdeu sustentação e caiu, vitimando cinco pessoas.
A Força Aérea do Brasil (FAB) anunciou que vai investigar as causas do acidente. “Solidários às vítimas e a seus familiares, informamos que o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos foi acionado hoje (5/11) para realizar a ação inicial do acidente envolvendo a aeronave em que estava a bordo a cantora
@MariliaMReal e mais 4 pessoas”, lê-se no Twitter.

A cantora brasileira Marília Mendonça, de 26 anos, morreu na tarde de sexta-feira após a queda do avião em que seguia. A morte da artista foi confirmada inicialmente pelos bombeiros e, posteriormente, pela assessoria da cantora, que num primeiro comunicado havia informado que a jovem havia sido resgatada com vida da aeronave de pequeno porte.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) informa que nesta sexta-feira ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beechcraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, indicaram os bombeiros num comunicado enviado à imprensa.

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, foram identificados “cinco corpos no avião” e confirmadas “três mortes, incluindo da cantora”. Já a assessoria da cantora e compositora fala em cinco mortes.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments