- Publicidade -

More

    Bonga: “Tenho saudades de ir ‘aos copos’ com a Cesária”

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Em entrevista ao jornal A Semana de cabo Verde, o cantor Angolano Bonga revelou sentir imensas saudades da diva dos pés descalços.

    Da Diva cabo-verdiana Bonga guarda inúmeras lembranças. “Uma mulher muito simples mas, com uma personalidade bem vincada. Ela só fazia o que queria mas a maior saudade que tenho é de ir com ela para os copos”, revela o músico sem pudor, mas apressa-se a dizer que essa não é uma afirmação pejorativa.

    “A Cesária era uma pessoa emancipada. Ir par a os copos não é pejorativo. Ela era um exemplo muito grande para todas as outras crioulas que às vezes fazem as coisas às escondidas. A Cesária fazia tudo abertamente e diante de todo o mundo. Era uma pessoa muito evoluída e ai é que está a diferença”, elogia Bonga, que foi um confidente de Cize com quem falava “de tudo e mais alguma coisa”.

    Barceló de Carvalho ou simplesmente Bonga (69 anos) actuou no primeiro e no segundo dias do Festival da Baia das Gatas. Com quarenta anos de carreira, o músico angolano não perde a genica e minutos após a sua actuação de sábado, 18, é uma alegria entrevistá-lo e testemunhar a energia deste grande senhor da música angolana, que assegura estar em casa porque é assim que se sente em Cabo Verde: “como se estivesse em Angola”.

    “Estou a jogar em casa. Esta é também a minha terra e este ’mar de gente’ que aqui está nos dá imensa alegria. Eles acarinham-nos e sentimos necessidade de dar muito mais de nós. E assim, a festa continua”.

    A nostalgia de viver longe da terra não é novidade para o cota Bonga que passou grande parte da sua vida e carreira musical no exílio por questões políticas. Assim, cantar ‘Sodade’ na homenagem a Cesária Évora “foi tarefa fácil”, afirma. “Estive mais tempo fora da minha terra de origem. Só vivi 23 anos em Angola, mas levei quase tudo do artista que eu sou e em que me tornei para fora do meu país”, conta.

    No palco do Baia das Gatas, Bonga misturou com destreza o português com sotaque angolano com o crioulo de Cabo Verde, mostrando que está bem à vontade na nossa língua materna. Há quanto tempo fala bem o crioulo, questionamos, e ele resume a resposta em uma palavra: “Diazán”.

    Platina Line/A Semana 

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Dom Caetano aborda dissabores com Carina Santos: “Se a cópia não convence, a música se esquece”

    Dom Caetano, com sua sólida argumentação, detalhou os dissabores que enfrentou com a artista Carina Santos devido à reprodução da música intitulada “Sou angolano”,...

    Banco BCS lança o seu primeiro fundo de investimento

    O Banco BCS, arrancou ontem com a subscrição de um fundo fechado especial de investimento em valores mobiliários, no valor global de 5.000.000.000 Kz. Destinado...

    Angola ocupa 4.ª posição no Ranking Africano de Futsal

    Por Helder Lourenço Após a recente realização do CAN`2024, em Rabat, Marrocos, Angola se destaca ao conquistar a quarta posição no ranking da Confederação Africana...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto