- Publicidade -
InícioMúsicaDrive KuduroBráulio ZP conta que só haviam duas opções na sua comunidade: ser...

Bráulio ZP conta que só haviam duas opções na sua comunidade: ser kudurista ou bandido

- Publicidade -

Bráulio Ricardo Felix da Rocha, mais conhecido como Bráulio ZP, músico e compositor angolano, cresceu no Marçal, distrito urbano do Rangel, onde teve a sua descoberta como artista. Bráulio ZP falou em entrevista para a Platina Line sobre a sua inserção no mundo da música e projectos em carteira.

O artista contou que foi difícil crescer no Rangel, porque lá se começa a encarar a realidade mais cedo. “No meio em que vivia, só haviam duas opções: ser kudurista ou bandido”, disse, e salientou que foi graças à família e à educação religiosa que conseguiu trilhar o melhor caminho.

“Sempre fui apaixonado pela arte, desde pequeno que fazia teatro na escola e na igreja. Só precisei do empurrão do meu primeiro produtor, Dj Sirigu, para entrar em estúdio e fazer a minha primeira música no estilo kuduro,” contou.

No ano de 2011, Bráulio participou na compilação de música Bazzerk de dois DJs na França. Também já fez parte do projecto de Kuduro denominado “Projecto cabeçário”, cujo objectivo era alavancar a carreira dos artistas.

O autor do hit “Dezembro na Banda” tem como inspirações: Sebem, Puto Português, Deejay Télio, Plutónio, Orochi, Yuri da Cunha, Délcio Dollar ,NGA, OG Vuino e os Migos.

De acordo com uma análise feita sobre o desenvolvimento dos kuduristas, Bráulio afirma que os seus colegas precisam de evoluir para eternizar o estilo.

Sobre a sua carreira profissional, relatou que as suas composições retratam o cotidiano do nosso povo, particularmente da juventude, e lamentou o facto de haver uma desvalorização do estilo Kuduro.

O artista, que já tem um dueto com Deejay Télio e o músico Puto Português, declarou que ainda pretende lançar mais músicas porque sente que tem muito a dar aos apreciadores da sua arte.

“African Sexy Dance” é a música promocional de Bráulio ZP que tem sacudido a juventude amante do estilo Kuduro.

Por: Arieth Silva (estagiária)

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments