- Publicidade -

More

    Brito Soares aborda resgate à cultura do distrito do Rangel em obra literária

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    Num momento em que muito se fala muito sobre a perda da identidade cultural, Brito Soares escreveu um livro no qual relata várias histórias vividas e contadas num dos bairros mais emblemáticos de Luanda, Rangel.

    O título do livro é “Nvundas da Cacimba”, uma obra que conta com aproximadamente 121 páginas e foi apresentada ao público no dia 13 de Maio, na qual destaca a perda de alguns princípios muito comuns no passado, e hoje perdidos, devido ao crescimento incontrolado da aculturação.

    “Nós somos um povo hospedeiro por natureza. Infelizmente perdemos a nossa matriz cultural, o respeito pelos mais velhos, da coisa pública, o anormal virou normal”, lamentou Brito Soares.

    Segundo contou o escritor, acredita ainda que com amor e fé, nada estará perdido para resgatar o passado de um bairro de gente humilde, onde o amor ao próximo era o alimento diário. O livro contém histórias sobre o futebol, a música, a política, o comércio, a moda, os ofícios e a culinária típica do local, como forma de incentivar outras crônicas para “eternizar o bairro Indígena”.

    Importa salientar que o escritor Brito Soares cresceu e viveu, durante 25 anos, no bairro Nelito Soares, Rangel. Além de escritor, já trabalhou no Jornal de Angola, na rádio Luanda e também na rádio Renascença, em Lisboa.

    Por: Arieth Silva (estagiária)

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Nelo Jazz lamenta falta de programas educativos na TV: “Não há nenhum programa de educação”

    O veterano ator Nelo Jazz, conhecido pela sua inesquecível interpretação como Papá Ngulo, lamentou recentemente a ausência de programas educativos na televisão, especialmente no...

    Desconhecimento do limite de 16 km para pagamento de 200 Kz nos táxis gera controvérsia entre taxistas e passageiros

    Por: Ernesto Jaime  A recente decisão do Ministério dos Transportes de ajustar a tarifa dos táxis para 200 Kwanzas para um limite de 16 km...

    Dog Murras reflecte sobre nova estratégia de marketing de artistas: “… nossa sociedade está doente”

    Por: Nunes Hebo A tendência de alguns artistas criarem situações antes do lançamento de um projecto parece estar longe de terminar, pois, na medida que...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto