Cage One pondera apostar na carreira de actor: “Vou mergulhar de corpo e alma no cinema nacional e internacional”

0
209

Por: Hélio Cristóvão

O conceituado rapper Cage One, que recentemente estreou-se no mundo da cinematografia, ao interpretar o personagem Agente Maria, no filme angolano “Santana”, pondera apostar seriamente na arte de representar e se tornar uma estrela do cinema nacional, quiçá internacional.

“Vou mergulhar de corpo e alma no cinema nacional e internacional, se JEOVÁ quiser.”

Após a estreia de sucesso deste produto nacional, que em dado momento foi o mais visto no mundo, na plataforma de streaming Netflix, Cage One falou, em entrevista ao PLATINALINE, sobre a sua experiência de participar pela primeira vez num projecto cinematográfico de tamanha dimensão. “Não vou dizer que nunca tive vontade de o fazer ou que caí de paraquedas, sempre tive aspirações, sempre achei que tinha muita inclinação para ser actor e sempre gostei de representar. Já tive algumas inserções nos Tuneza, Conversas no Quintal e, entretanto, já fiz algumas participações.” Contou.

O rapper explicou que, quando houve a oportunidade de participar no casting, encontrou feras do cinema nacional, porém, não se sentiu intimidado. “Sabia qual era a minha capacidade de interpretar, fiz o teste e, graças a Deus, fui um dos selecionados para o elenco que ia filmar na África do Sul.”

Questionado se pretende seguir adiante e apostar seriamente na representação, Cage diz: “Sim. Se surgirem convites e boas propostas, eu acho que tenho tudo para fazer acontecer. As pessoas gostaram do resultado e acredito que faria melhor se me tivessem dado mais tempo, mais espaço e mais oportunidade”, frisou.

Aberto para novas propostas cinematográficas, o rapper sublinhou que já trocou contactos com alguns realizadores nacionais, facto que acaba por intensificar ainda mais a sua ligação com a arte.

O PLATINALINE procurou saber do rapper se foi difícil dar vida ao Agente Zé Maria e, como resposta, Cage frisou que foi selecionado exactamente pelo facto do seu perfil real aproximar-se ao do personagem. “Eu acho que todo o artista, só pelo facto de fazer videoclipes constantemente e ter que interpretar bem as suas músicas, já são actores natos, pois durante o processo de gravação de videoclipes, temos que encarnar, principalmente nós que fazemos parte do Hip Hop, acabamos tepor terndo uma veia cinematográfica, temos como prova muitos artista lá fora que começaram no Hip Hop e acabaram por ser grandes estrelas de HollyWood.”

Até então, constata-se de um talento nato, porém, o artista tenciona profissionalizar-se e aperfeiçoar o talento que já existe em si. “Quanto mais houverem oportunidades, claro que me vou aprimorar. Tal como noutras artes, a arte de representar é ciumenta, é preciso tempo de dedicação e foco, mas assim que tiver a oportunidade, o farei.” Concluiu.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments