- Publicidade -

Visit arnan.me
More

    Carlos Morais fala do Seu Dia á dia Nos Torontos

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    O Carlos Morais falou no seu dia de anos e o blog Pro Bball Report fez um artigo sobre isso. | Carlos Morais has spoken on his birthday day and the blog Pro Bball Report made an article about it.

    Link:  http://probballreport.com/raptors-carlos-morais-wants-one-more-shot/

    “Eu tive alguns minutos decentes (em Minnesota), isso foi bom, eu tenho que fazer mais algumas coisas”, disse Morais. “Marquei os meus primeiros três pontos como um jogador da NBA e espero continuar a receber minutos, obtendo a confiança da equipa técnica e obter algumas respostas.”

    Morais é um novato mais velho na NBA com muita experiência internacional. Ele passou por bons e maus momentos na sua carreira no basquetebol e espera que a equipa técnica dos Raptors possa ver como sua experiência poderá ajudar a equipa.

    “Acabei de completar 28 anos hoje”, disse Morais. “Eu diria que isso me está a ajudar , porque não cometo os mesmos erros que costumava cometer no passado, quando tinha 20 anos e 23 anos e eu acho que isso me ajuda muito e deve também ajudar esta equipa, porque eu sei realmente como reagir quando as coisas não são tão boas, quando estamos por baixo. Eu sei o que temos de fazer para ganhar os jogos.”

    Como um campeão do Afrobasket e MVP, Morais foi um vencedor comprovado em África. No entanto, ele é um novato na América do Norte e tem vindo a passar por um período de adaptação. Morais tem tanto a pressão de se adaptar a um novo campeonato e representar Angola como o primeiro jogador de seu país em uma plantel da NBA. Ele sente o peso dessa responsabilidade.

    “Não é que os jogadores sejam diferentes. Não é que os cestos sejam diferentes. Tudo é o mesmo”, disse Morais. “A maior diferença é a responsabilidade que o campeonato dá. Para mim, o facto de estar a vestir uma camisola e a representar uma equipa da NBA, faz-me sentir com muito mais pressão e essa é a maior diferença (de jogar na África)”.

    No ataque, Morais é um bom atirador do lado de fora e pode conduzir e concluir através do contacto, mas o treinador principal Dwane Casey salienta defesa e a defesa da NBA pode ser dramaticamente diferente do que quando o jogo é jogado sob as regras da FIBA. Sem tempo suficiente para se acostumar com as diferenças de jogo, para Morais o ajustamento está a ser um desafio.

    “O meu ex-treinador, foca-se na mesma coisa”, disse Morais. “A defesa, defesa, defesa, mas a maior diferença é o tipo de defesa que estas equipas usam. (Em África), jogamos mais com a defesa man-on -man e aqui a defesa não é à zona, mas parece que é à zona.

    “Não é difícil(a adaptação), só precisas de tempo, tempo de jogo. Se realmente chegares a ter tempo de jogo, mesmo nos treinos, serás capaz de aprender todas as coisas e jogar dessa maneira. Não é nada difícil – com tempo de jogo. Tens apenas que estar lá e fazer o que tens de fazer.”

    Fonte: Carlos Morais –  http://facebook.com/kamoras | http://instagram.com/kamoras

    Share this
    Tags

    A Bombar

    “Mulher detida em Luanda após acumular dívida milionária em hotel de luxo

    Uma mulher de 36 anos assumiu uma identidade falsa de empresária e se hospedou em um hotel de luxo na região do litoral sul...

    “SIC desmantela rede de falsificação de dólares provenientes da RDC em Angola”

    O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de indivíduos angolanos que colaboravam com estrangeiros para introduzir dólares falsificados no país, provenientes da...

    Pinóquio: A Verdadeira História” traz emoção e diversão a 31 de Maio no ZAP Cinemas

    Luanda, 23 de Maio de 2024 – A emocionante estreia de "Pinóquio, a História Verdadeira" no ZAP Cinemas traz uma nova e divertida abordagem...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto