- Publicidade -
InícioVidasCarreiraCom apenas 22 anos, angolano Brawn da Mata abraça novo desafio no...

Com apenas 22 anos, angolano Brawn da Mata abraça novo desafio no Banco Santander após passagem pelo Banco Federal Brasileiro

- Publicidade -

Por: Hélio Cristóvão

Aos 22 anos de idade, o jovem angolano Brawn Valmiro Xavier da Mata, formado em Economia pela Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, tem pela frente um novo desafio profissional no Banco Santander Brasil, um dos maiores bancos privados a actuar no sistema financeiro brasileiro, com mais de 25 milhões de clientes. Banco este, pertencente ao banco espanhol SANTANDER, o maior banco da Zona Euro e um dos maiores do mundo, que fica sediado em Madrid.

Brawn da Mata segue para o Banco Santander Brasil, após ter tido passagem pelo Banco Federal Brasileiro BNDES, um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo, onde esteve junto da equipa responsável pela captação de financiamentos junto aos mercados internacionais para alocação em projectos estruturantes da economia brasileira. Por lá, em 2019, o jovem angolano participou nos encontros técnicos que reúnem os presidentes dos mais importantes bancos de desenvolvimento da cúpula BRICS (grupo formado pelo Brasil, Rússia , China e África do Sul ), como o China Development Bank , EXIM BANK, da Índia, Vnesheconombank, da Russia, e o Development Bank of Southern Africa, da África de Sul. Reuniões estas, que antecederam a reunião dos Chefes de Estado e de Governo dos mesmos países, como o Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, o russo, Vladimir Putin, o chinês, Xi Jinping , o sul africano, Cyril Ramaphosa e o primeiro ministro indiano, Narendra Modi, aquando do evento dos BRICS 19.

Em entrevista ao PLATINALINE, o jovem, que apesar da pouca idade acarreta consigo um curriculum invejável, mostrou-se feliz pelo percurso que tem trilhado, ainda mais com este novo desafio profissional. “Sinto-me feliz pelo caminho que vou trilhando. Com a idade que tenho, 22 anos , e ter a oportunidade de partilhar espaço com profissionais que eu considero de destaque para a economia brasileira, quer os do Banco Federal brasileiro ‘BNDES’, PETROBRÁS, e agora os do Banco SANTANDER BRASIL, é, sem dúvidas, um sinal de que tenho estado a dar e a fazer o melhor de mim enquanto jovem profissional”, disse.

“O mundo vem se transformando numa velocidade de cruzeiro e, enquanto jovem que olha para o futuro, eu trabalho e me esforço para estar devidamente preparado para encarar os desafios presentes e futuros, no que toca às grandes revoluções tecnológicas, em especial as que acontecem no sector financeiro. Acredito que todo este caminho que tenho feito tem estado a despertar o interesse dessas grandes empresas aos jovens africanos, em especial os angolanos, povo do qual faço parte e, de forma indireta vou dando o rosto ao potencial que eles carregam.” Salientou.

Brawn teve, ainda, passagem pela área de estratégia de negócios de uma das empresas do grupo PETROBRÁS, a multinacional petrolífera brasileira. O mesmo já é tido como um dos jovens promissores angolanos com actuação no sector bancário e financeiro.

Parabéns Brawn, o PLATINALINE deseja-lhe sucessos!

- Publicidade -spot_img
Mais recentes
Artigos relacionados
- Publicidade -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments