Conheça Lurhany, jovem por detrás do sucesso “Vai devagar” e outros hits

0
835

Por: Hélio Cristóvão

Aos 23 anos de idade, Gilson Garcia Miguel, conhecido artisticamente por Lurhany, é um cantor e compositor cuja ligação com a música começou desde tenra idade,  tendo crescido ouvindo  Rnb e Rap por influência dos  irmãos. Mas foi em 2012 que decidiu apostar profissionalmente na carreira musical.

Sua colaboração no hit “Vai devagar”, de Preto Show e Anselmo Ralph, foi como compositor, tendo escrito e feito o desenho cantado da parte de Anselmo Ralph, que raramente interpreta composições de outros artistas.

“Fiz a música com o Teo No Beat, e um ano depois, antes do Preto Show fechar o álbum, o Teo mostrou-lhe o que tínhamos preparado, gostou da minha ideia e chamou o Anselmo para interpretar.”

Além deste sucesso, Lurhany tem seu nome vinculado a outros hits como: “Eu Não Entendo” de Young Double e Rui Orlando, no qual escreveu o coro e fez, de igual modo, o desenho melódico interpretado por Rui Orlando. ” Tenho ajudado na composição de trabalhos da Titica, nos temas ‘Filho Alheio’, ‘Tá Sair Bem’ do mais recente EP de Preto Show, e muitos outros trabalhos que não pretendo ainda revelar”, disse o jovem talento.

Questionado qual o papel de Preto Show na sua carreira, Lurhany responde:  “De grande importância, porque eu sempre gostei de música e sempre quis que o meu trabalho tivesse uma boa exposição, e o Preto Show, mesmo antes de me apoiar, sempre esteve aberto a ouvir-me para saber o que eu precisava para me inserir no mercado. E mesmo agora que ele tem uma exposição internacional, sinto-me feliz por estar a beber da experiência dos anos dele de sucesso e a crescer ao lado dele.”

Neste momento, Lurhany está a trabalhar com a “BangerBoyz”, produtora de Preto Show, e com a sua equipa “Amorexom Agenciamento” com quem trabalha há mais de 5 anos. ” A minha carreira a solo agora está a ir na direção que eu sempre desejei há muito tempo, nestes dias tenho estado em estúdio a trabalhar em novas ideias e a cumprir uma agenda enorme de promoção do EP Vibes com a BangerBoyz.”

Movido pelo que sente quando ouve instrumental, Lurhany finaliza, explicando por que razão não se define numa categoria musical exclusivamente. “Só preciso sentir-me bem com o instrumental, daí a razão de eu conseguir ter bons resultados em diferentes estilos musicais.”

 

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments