- Publicidade -

More

    Cônsul-Geral de Portugal em Luanda recebe líderes juvenis

    em

    |

    Visualizações

    and

    comentarios

    A Cônsul-Geral de Portugal em Luanda, Rosa Tavares, recebeu hoje, três líderes para abordar sobre um protocolo entre a Proandi – consultores Associados e a Associação Juvenil de Recreação Desporto e Cultura (AJURDEC).

    O referido protocolo onde integram a Associação Juvenil de Apoio às Comunidades (AJACOM) e a Liga dos Naturais e Amigos dos Mulenvos – LINAM, que visa reforçar os laços existentes na promoção e preparação técnica e profissional dos jovens angolanos.

    Na delegação recebida pela Cônsul estiveram os líderes Yuri Rebelo (Facilitador do Protocolo e membro da AJURDEC), Armando Pompeu (LINAM) e Hermenegildo Manuel (AJACOM).

    Durante o encontro, a cônsul manifestou total disponibilidade para apoiar a iniciativa, desde que estejam asseguradas as condições de viagens, bem como o cumprimento dos requisitos exigidos para emissão de vistos.

    A parte angolana, agradeceu a disponibilidade de prontidão da cônsul Rosa Tavares, que esteve acompanhada do cônsul-geral adjunto, num encontro que durou mais de uma hora.

    O protocolo foi rubricado em Novembro de 2022, em Luanda, entre a Proandi – Consultores Associados, Lda – Entidade de Formação de direito Português e a Associação Juvenil de Recreação, Desporto e Cultura – AJURDEC.

    O acordo vai servir para atribuição de bolsas de estudos a adolescentes e jovens angolanos para frequência de cursos técnicos profissionais em Portugal.

    O referido acordo tem como co-beneficiárias a Associação Juvenil de Apoio às Comunidades – AJACOM, Liga dos Naturais e Amigos dos Mulenvos – Linam, num processo que tem como facilitadores Nelson Mendes, Yuri Rebelo e Irayourdes Castelo.

    O protocolo é de âmbito regional (Portugal e Angola) celebrado com o intuito de reforçar os laços existentes na promoção e preparação técnica e profissional dos jovens de Angola e, propõem-se colaborar nos domínios julgados pertinentes e relevantes por ambos os Outorgantes.

    Com o protocolo, as três organizações deverão distribuir bolsas de estudos anualmente destinadas aos jovens angolanos para a frequência dos Cursos do Sistema Aprendizagem, que conferem uma qualificação Nível 4 da União Europeia.

    A formação com duração de 3 anos permitirá que no final, o formando possa ter dois certificados, sendo um profissional e outro de técnico médio, com o acesso ao ensino superior.

    Durante o período que a delegação portuguesa esteve em Angola foram realizadas audiências com diferentes instituições no sentido de mobilizar-se apoio para os beneficiários.

    Share this
    Tags

    A Bombar

    Micklate, a grande vencedora do 40º Elite Model Look World Final

    Depois de 5 dias de avaliação intensa para a 40ª edição do mais prestigiado concurso internacional de modelos, em Praga, MICKLATE MACOBOLA triunfou, destacou-se...

    NOSSA Seguros é a primeira seguradora a receber o selo Feito em Angola

    A NOSSA Seguros tem a honra de ser a primeira seguradora a receber o selo "Feito em Angola", uma certificação que reconhece o compromisso...

    BAI apresenta soluções de financiamento às Pequenas e Médias Empresas

    O BAI – Banco Angolano de Investimentos S.A., em parceria com a Associação Industrial de Angola (AIA), realiza em todo o país, durante o...

    - Publicidade -

    Artigos Recentes

    - Publicidade -

    Mais como isto